Tribuna Expresso

Perfil

Seleção

Fernando Santos, sem falsas modéstias: “Nós não temos um sonho, temos um objetivo claro: lutar pela vitória no Mundial”

Em conferência de imprensa na véspera do jogo contra de preparação contra o Egito, o selecionador volta a apontar alto

Expresso

NurPhoto

Partilhar


As lesões

“As lesões são normais nesta fase da época. Temos dois casos claros: Pepe e Danilo, que não foram chamados por lesão. Depois, os outros, é fruto do trabalho desenvolvido nos clubes. Não condiciona em nada, porque tenho um lote alargado de jogadores com quem conto. Aquilo que eu digo, corresponde à verdade. Todos me dão garantias”.

Nani

“Nani está no patamar dos outros 30 e muitos que têm forte possibilidade de ir ao Mundial. Nani foi um jogador muito influente e eu reconheço isso mais do que ninguém. Faz sempre desse lote alargado”.

Isto é um teste?

“Disse aos jogadores para desfrutarem. Isto não é um teste, não serve para dissipar dúvidas. Os jogadores estão aqui porque fazem parte do lote alargado”.

Rúben Dias

“Rúben Dias não perdeu o comboio. Obviamente que gostava de o ter visto no contexto da seleção, porque nunca esteve connosco. Também está no lote alargado, portanto admito tudo: convocar ou não convocar”.

Os novos portugueses

“Problemas na defesa? Não temos tido, só perdemos um jogo oficial. Jardel e Maicon, que agora são portugueses, não fazem parte do lote alargado, com todo o respeito por eles, que são bons jogadores”.

Cristiano Ronaldo

“Aonde? Na China? O Ronaldo? Sinceramente, estamos aqui para falar da seleção. Portugal não tem um sonho, tem um objetivo claro: não é favorito, mas vai lutar pela vitória. E isso é claro. Ronaldo, sendo o melhor do mundo, tem um peso muito importante”.