Tribuna Expresso

Perfil

Portugal

José Fonte: "Voltámos ao que tínhamos sido. Quando chegar o número 7 vamos ter ainda mais capacidade"

O central português, que voltou a fazer a dupla com Pepe que tão bem resultou há dois anos, no Europeu, sublinhou a forma como a seleção melhorou contra o belgas, em relação ao jogo frente à Tunísia

Expresso

Partilhar

Voltar a não sofrer golos

"Não sofrer golos é sempre bom. Voltámos aquilo que tínhamos sido no passado, durante o Euro, por exemplo, a partir da fase do mata mata, uma equipa difícil de fazer golos contra e a sair bem no contra-ataque.

Creio que, na primeira parte, podíamos ter feito dois ou três golos, com algumas boas oportunidades."

Talvez tivesse sido diferente com um certo alguém

"A equipa esteve bem defensivamente, foi perfeito. Faltou o golo, mas quando chegar o número 7 vamos ter ainda mais capacidade e criar mais oportunidades de golo. Com o Cris, a equipa seria ainda melhor."

E se o Mundial começasse amanhã?

"Teríamos que estar. Estamos no bom caminho. Hoje foi uma melhoria substancial, agora há que trabalhar. Ainda falta o jogo de dia 7 [contra a Argélia, no Estádio da Luz]."