Tribuna Expresso

Perfil

Seleções

Rui Jorge: “Tenho pena que acabe desta forma”

Portugal foi goleado pela Alemanha (0-4) e está fora dos Jogos Olímpicos

Expresso

Alexander Hassenstein

Partilhar

Acabou a aventura da seleção olímpica. A equipa até tinha estado bem nos jogos anteriores, mas foi atropelada este sábado por uma seleção alemã que apareceu muito forte. O sector defensivo sofreu com isso, mas Rui Jorge não culpa só os seus defesas.

"Não foi um problema da linha defensiva, foi um problema da equipa. Não conseguimos anular os alemães e acaba por ser um resultado volumoso. Eles estiveram mais rápidos sobre a bola, não fomos suficientemente rápidos a atacá-la. Na segunda parte, apesar de sofrermos 3 golos, senti-me mais satisfeito com a atitude dos jogadores. Sempre sem dominar o jogo, que nunca o fizemos nesta partida. Não há dúvida de que foram superiores e mereceram o resultado. Temos de ser melhores no futuro."

O relvado não estava nas melhores condições mas o selecionador não quis usar esse facto como desculpa: "Não está um bom relvado. Eventualmente falaria do relvado se o resultado tivesse sido outro, mas não quero utilizar essa situação porque perdemos bem o jogo e por números expressivos. Não nos adaptámos bem na primeira parte, houve vários ressaltos em que não fomos eficazes. Mas com este resultado não me parece bem estar a falar agora [do relvado]".

Na sua última conferência de imprensa nos Jogos Olímpicos de 2016, Rui Jorge elogiou o comportamento de todos os jogadores: "Concentrámo-nos pela primeira vez no dia 18. Daí para cá dei-lhes uma tarde de folga. A partir daí, todos os dias deram o seu melhor, respeitaram decisões, apareceram com um sorriso nos lábios para treinar. Foi um resultado que não nos agrada, mas nada a dizer de um comportamento tremendo. Tenho pena que acabe desta forma". Temos todos, mister.