Tribuna Expresso

Perfil

Seleções

Não era engraçado ganhar um Europeu Sub-21 depois de vencer um Europeu dos graúdos?

Este título vem a propósito de Renato Sanches. Rui Jorge convocou 25 jogadores para o Europeu Sub-21 e há dois que até estão bem mais habituados a jogar na seleção principal. Se há dois anos a equipa que perdeu a final nos penáltis era boa, esta ficará muito pouco atrás

Diogo Pombo

FRANCK FIFE

Partilhar

Minutos antes, Fernando Santos anunciara os convocados para um encontro de preparação, um jogo de qualificação para o Mundial de 2018 e para a Taça das Confederações. Notou-se a falta, sobretudo, de dois jogadores. A estranheza durou pouco, porque, depois, Rui Jorge revelou os convocados para o Europeu de Sub-21.

Lá estão Renato Sanches e João Cancelo, o médio e o lateral direito que têm jogada quase sempre na seleção principal, desde o último verão, quando Portugal conquistou o Campeonato da Europa. E também estão Rúben Neves, Gonçalo Guedes ou Ricardo Horta, outros jogadores que já tiveram minutos na seleção A.

Os 25 convocados para o Europeu de Sub-21:

Guarda-redes: Bruno Varela (V. Setúbal), Joel Pereira (Manchester United) e Miguel Silva (V. Guimarães).

Defesas: Fernando Fonseca (FC Porto), Pedro Rebocho (Moreirense), Kévin Rodrigues (Real Sociedad), João Cancelo (Valencia), Edgar Ié (Belenenses), Rúben Semedo (Sporting )e Tobias Figueiredo (Nacional da Madeira).

Médios: Rúben Neves (FC Porto), Francisco Ramos (FC Porto), Tomás Podstawski (FC Porto), Renato Sanches (Bayern Munique), Francisco Geraldes (Sporting), João Carvalho (V. Setúbal) e Bruno Fernandes (Sampdória).

Avançados: Rony Lopes (Lille), Daniel Podence (Sporting), Diogo Jota (FC Porto), Gonçalo Guedes (Paris Saint-Germain), Iuri Medeiros (Boavista), Ricardo Horta (Sporting de Braga), Bruma (Galatasaray) e Gonçalo Paciência (Rio Ave).

A seleção de sub-21 está no Grupo B do Europeu, com a Espanha, a Sérvia e a Macedónia. O primeiro jogo é a 17 de junho, com os sérvios, antes do duelo com os espanhóis, a 20, e frente aos macedónios, a 23 de junho.