Tribuna Expresso

Perfil

Seleções

Não é fácil mas podia ser bem mais difícil: eis o grupo de Portugal na novíssima Liga das Nações

O sorteio da Liga das Nações foi realizado esta quarta-feira, na Suíça, e Fernando Santos não se pode queixar da sorte de Portugal, que vai defrontar Polónia e Itália

Mariana Cabral

Getty Images - UEFA

Partilhar

Resumindo uma cerimónia que até deixou as contas da Alemanha e de Portugal no Twitter quase a dormir:

houve Pedro Pinto, diretor de comunicação da UEFA e apresentador de serviço, a dar os bons dias; a apresentação de um hino; um novo troféu brilhante; um sorriso de Aleksander Čeferin; e a explicação do formato da competição - se ainda não sabe bem o que é a Liga das Nações, pode ver tudo bem explicadinho AQUI, mas, resumindo a coisa: em vez de haver amigáveis entre seleções, dos quais ninguém quer saber, passa agora a existir um campeonato entre seleções de níveis semelhantes, dividido por quatro Ligas.

Ora Portugal, campeão europeu, está na Liga A, a mais forte, como não podia deixar de ser, mas não se pode queixar da sorte no sorteio: evitou emparelhamentos mais difíceis do que aquele que lhe calhou no grupo A3, com Polónia e Itália.

Liga A

A1
Holanda
França
Alemanha

A2
Islândia
Suíça
Bélgica

A3
Polónia
Itália
Portugal

A4
Croácia
Inglaterra
Espanha

Aleksander Čeferin, presidente da UEFA, com o troféu da Liga das Nações

Aleksander Čeferin, presidente da UEFA, com o troféu da Liga das Nações

Paul Murphy - UEFA

Agora, as seleções jogarão todas contra todas, em casa e fora, e os quatro vencedores dos quatro grupos da Liga A garantem a qualificação para a fase final da prova, que terá duas meias-finais, o jogo de atribuição do terceiro lugar e a final, marcada para junho de 2019.

Os vencedores dos grupos nas Ligas B, C e D garantem a subida à Liga imediatamente acima e os que terminarem no último posto das Ligas A, B e C serão despromovidos.

Liga B

B1 - Eslováquia, Ucrânia e República Tcheca
B2 - Rússia, Suécia e Turquia
B3 - Áustria, Bósnia e Irlanda do Norte
B4 - País de Gales, Irlanda e Dinamarca

Liga C

C1 - Escócia, Albânia e Israel
C2 - Hungria, Grécia, Finlândia e Estónia
C3 - Eslovénia, Noruega, Bulgária e Chipre
C4 - Roménia, Sérvia, Montenegro e Lituânia

Liga D

D1 - Geórgia, Letónia, Cazaquistão e Andorra
D2 - Bielorrúsia, Luxemburgo, Moldávia e San Marino
D3 - Azerbaijão, Ilhas Faroé, Malta e Kosovo
D4 - Macedónia, Arménia, Liechtenstein e Gibraltar

As datas alinhavadas para a fase de grupos são as seguintes (sendo que as equipas em grupos de três participam em apenas quatro das seis jornadas agendadas):

Jornada 1: 6–8 setembro 2018;
Jornada 2: 9–11 setembro 2018;
Jornada 3: 11–13 outubro 2018;
Jornada 4: 14–16 outubro 2018;
Jornada 5: 15–17 novembro 2018;
Jornada 6: 18–20 novembro 2018.

Convém também ressalvar que a Liga das Nações não é apenas uma forma de entretenimento: terá implicações no apuramento para o Europeu.

Inicialmente, a qualificação para o Europeu - neste caso, para o Euro-2020 - decorre normalmente e apura 20 seleções: os dois primeiros classificados de cada um dos dez grupos qualificam-se diretamente para a prova.

As novidades surgem no 'play-off' seguinte, em que continuam a ser apuradas quatro seleções, mas não a partir dos grupos de qualificação - estas seleções surgirão a partir da Liga das Nações.

Ou seja, as 16 seleções que irão disputar o 'play-off' para o Euro-2020 serão decididas pela Liga das Nações. Cada uma das quatro Ligas (A, B, C e D) terá quatro seleções a disputar o 'play-off', cada uma pelo seu 'caminho' (como lhe chama a UEFA) - ou seja, quem está na Liga A não se cruza com quem está na B e por aí fora.

Ora, as quatro seleções de cada Liga que irão disputar esse 'play-off' serão as que venceram os respetivos grupos, a não ser que, claro está, essas vencedoras já estejam qualificadas através do apuramento "normal" para o Euro. Nesse caso, a vaga no 'play-off' passa a ser da seleção imediatamente seguinte no 'ranking'.

Cada 'caminho' terá duas meias-finais, que serão jogadas numa só mão, e depois haverá uma final, disputada igualmente só num encontro. O vencedor de cada 'caminho' apura-se então para a fase final do Europeu.