Tribuna Expresso

Perfil

Sporting

Jesus e a omnipresença: “Teria sido mais difícil para o Real Madrid se eu estivesse ali nos últimos minutos”

O treinador do Sporting diz que a sua equipa foi a mais forte até aos 88 minutos e que o resultado não faz justiça ao modo como jogaram

Expresso

Comentários

PATRICIA DE MELO MOREIRA

Partilhar

“Perder assim é muito mau, claro”, afirmou o treinador do Sporting Jorge Jesus, comentando o jogo em que a sua equipa perdeu, por 2 a 1 frente ao Real Madrid, devido à reviravolta no resultado ocorrida nos minutos finais.

“A equipa do Sporting foi muito forte até aos 88 minutos”, disse o treinador que considerou que “a forma como a equipa jogou acabou por não ser valorizada em função do resultado. Toda a gente sentiu que o Sporting fez um grande jogo”.

Apesar disso, Jesus disse que fizeram falta “alguns jogadores com mais anos de experiência” e em contraponto o Real Madrid tem uma“mentalidade muito forte, acreditam até aos últimos minutos que podem virar o resultado”.

Sobre a expulsão, Jesus disse que foi “uma pena”. Porquê? “Porque teria sido mais difícil para o Real Madrid se eu estivesse ali nos últimos minutos”.