Tribuna Expresso

Perfil

Sporting

Pedro Martins: “Foram 20 minutos à Vitória"

O treinador do Vitória de Guimarães explica os 15 a 20 minutos de jogo que levaram ao empate a três bolas e que Jorge Jesus diz não conseguir explicar

Expresso

FRANCISCO LEONG/Getty

Partilhar

"A partir do momento que fizéssemos um golo era possível. Tive a noção que nos íamos meter no jogo. Fomos agressivos, ganhámos duelos e acabámos por empatar. Depois com a força do nosso público foi o verdadeiro Vitória e o que vamos ser para a frente".

Foi assim que o treinador do Vitória de Guimarães, Pedro Martins, justificou o resultado do jogo deste sábado com o Sporting, em que, depois de ter estado a perder 3-0, deu a volta ao marcador em apenas 15/20 minutos e conseguiu empatar a três bolas.

"Foram 20 minutos à Vitória. Os primeiros 30 minutos foram equilibrados e depois dos 30 aos 70 não estivemos bem. Gerimos bem a posse e nos últimos 15/20 minutos fomos o verdadeiro Vitória", acrescentou em declarações à Sport TV.

Mas, disse ainda, "o campeonato é longo, vamos trabalhar muito e precisamos da ajuda de todos. Não há jogos fáceis e a grande lição é que temos qualidade e que nos momentos difíceis conseguimos reagir".

Pedro Martins referiu-se ainda a Rafael Miranda como sendo "um jogador importante" mas reparoun que a equipa tem "mais soluções".