Tribuna Expresso

Perfil

Sporting

O “grande orgulho” de Rui Patrício

O guarda-redes do Sporting, único jogador da Liga portuguesa nomeado para a Bola de Ouro, diz-se orgulhoso por estar “entre os melhores”

Lusa

Rui Patrício tem 28 anos e sempre jogou no Sporting

MARTIN BUREAU/Getty

Partilhar

O internacional português Rui Patrício afirmou hoje ser "um grande orgulho" a inclusão do seu nome entre os 30 finalistas candidatos a receber o prémio Bola de Ouro da France Football.

"É certamente um grande orgulho para qualquer jogador ser nomeado. Qualquer profissional de alta competição pretende estar junto dos melhores e eu não fujo à regra. Devo continuar a trabalhar e a evoluir, porque o objetivo é ser cada vez melhor e lutar por todos os títulos [individuais e coletivos]", disse o guarda-redes luso, em declarações à Sporting TV.

Além de Rui Patrício, o único futebolista nomeado para a Bola de Ouro a competir em Portugal, os outros jogadores portugueses na disputa pelo prémio são Pepe e Cristiano Ronaldo, ambos do Real Madrid.

O guarda-redes, de 28 anos, estreou-se por intermédio do treinador Paulo Bento na equipa do Sporting, em 2006/07, sendo atualmente o jogador 'leonino' com mais jogos nas competições europeias (73).

As prestações na baliza de Portugal no Euro 2016 e a própria conquista do troféu, em França, colocaram-no no 'onze' ideal da competição, juntamente com Pepe, Raphael Guerreiro e Cristiano Ronaldo.

Atribuída entre 2010 e 2015 em parceria com a FIFA e mediante votação de selecionador e capitães de seleções de todo o mundo, a Bola de Ouro voltou a ficar somente sob a égide da France Football, cabendo a votação a um júri composto por jornalistas.

A lista de candidatos voltou também a 30 jogadores, em vez de 23, e o vencedor e a classificação completa serão conhecidos a 13 dezembro, ao contrário da FIFA, que divulgava o nome de três finalistas e entregava o prémio em janeiro, numa gala em Zurique.

A FIFA vai realizar a sua cerimónia a 9 de janeiro e entregar, entre outros, o seu prémio de jogador mundial do ano, paralelo à Bola de Ouro.