Tribuna Expresso

Perfil

Sporting

Jesus e Bas Dost: “Está mais difícil do que com Slimani”

O treinador do Sporting ficou satisfeito com a exibição da equipa frente ao Arouca: “Voltámos ao normal”

Expresso

Jorge Jesus satisfeito com a prestação do Sporting em Alvalade

MIGUEL A. LOPES/Getty

Partilhar

Regresso ao normal. Foi assim que Jorge Jesus definiu a vitória do Sporting sobre o Arouca (3-0), esta noite, em Alvalade. “Voltámos ao normal, fizemos um jogo como temos habituado os nossos adeptos, contra uma equipa bem organizada”, disse.

“Foi importante termos marcado cedo mas enquanto estava 1-0 a equipa deveria ter mais tranquilidade para desenvolver o futebol a que está habituada”, acrescentou o técnico, que agradeceu o apoio dos adeptos, apesar de também ter deixado um recado.

“Os adeptos voltaram a estar com a equipa e se estivermos todos juntos as coisas são mais fáceis. Não gosto que os adeptos escolham patinhos feitos, são todos jogadores do Sporting”, afirmou.

Jesus não se quis alongar sobre o resultado do clássico entre FC Porto e Benfica (1-1), preferindo falar sobre o Sporting. “O que tínhamos de fazer era o nosso trabalho, que era ganhar”, disse. “As pessoas só olham para os resultados mas o que tem sido feito é um trabalho espectacular. O presidente tem tido muito trabalho a alavancar este clube, que só quem está dentro é que percebe”.

A terminar, Jesus deixou elogios para Joel Campbell e Bas Dost, mas explicou que não se pode pediu muito de quem chegou há pouco. “O Campbell fez um bom jogo. O Bas Dost é um finalizador e trabalhamos com ele como trabalhámos com o Slimani, mas com o Bas Dost está mais difícil porque a comunicação é mais difícil. Não é pela técnica nem pela tática, é o compromisso com a equipa que queremos e isso não se cria num mês ou dois.”