Tribuna Expresso

Perfil

Sporting

Jorge Jesus: "Queremos voltar ao Jamor"

O treinador dos leões sabia que a equipa "ia passar" e destacou a "forma intensa" com que a equipa jogou. "Fizemos cinco mas podíamos ter feito mais", comenta Jesus

Expresso

Partilhar

Em declarações no final do encontro contra o Praiense, que os leões ganharam por 5-1, Jorge Jesus referiu que a Taça de Portugal é uma "competição é muito importante para todas a equipas" e que o Sporting quer voltar ao Jamor. "Para isso sabíamos que tínhamos de passar esta eliminatória", sublinhou o técnico.

Para o treinador, o golo do Praiense no início do jogo "entusiasmou" a equipa e, por isso, "foi importante chegar ao intervalo com o resultado empatado".

"Sabíamos que esta equipa ia quebrar porque nós temos um jogo mais intenso e foi o que aconteceu. Começaram a ter algumas dificuldades e acabámos por fazer quatro golos", frisou.

Em relação a André, Jorge Jesus não tem dúvidas: "É um jogador que cheira muito o golo, é um finalizador que me faz lembrar muito o Liedson". Referiu ainda que foi bom para o avançado "em dois momentos ter feito dois golos".

O treinador da equipa de Alvalade garantiu ainda que os jogadores que não têm jogado tanto "deram uma boa resposta" e que "felizmente não tiveram de ir a prolongamento".

Quanto ao encontro com o Real Madrid na próxima terça-feira, Jesus assegura que os objetivos continuam iguais. No entanto, assume que é "um desafio diferente, porque é uma competição diferente e porque é o Real, uma das melhores equipas do mundo, senão a melhor". O treinador mostra-se confiante: "Temos poder e capacidade para disputar o jogo". Ainda assim, tem noção de que o Real Madrid faz golos em todos os campos e que por essa razão o resultado "não vai ficar 0-0 e que o Sporting também tem de fazer golos".