Tribuna Expresso

Perfil

Sporting

Um disse o que fez, outro disse o que fará (mais ou menos)

Acabou o debate entre Bruno de Carvalho e Pedro Madeira Rodrigues. O presidente-candidato puxou dos galões de quem fez as maiores vendas e de quem reestruturou a dívida do clube; o candidato a presidente criticou as promessas não cumpridas e o estilo de BdC. Estivemos em direto e se quiser saber o que um disse ao outro, ipsis verbis, é só fazer scroll

Pedro Candeias

Nuno Correia

Partilhar

E pronto, terminou. Foram duas horas e vinte minutos e alguns segundos de um debate entre o presidente e o candidato a presidente às eleições do Sporting. Nas linhas que poderá ler em baixo encontrará os discursos diretos de Bruno de Carvalho e de Pedro Madeira Rodrigues e chegará a esta mesma conclusão: um disse o que fez, o outro disse o que fará. E houve ataques, pessoais e institucionais, em matérias de estilo e de forma, mas também de conteúdo.

Para Madeira Rodrigues, Bruno de Carvalho serve-se do Sporting, ataca os sportinguistas, cultiva o medo e faz promessas que não cumpre, a maior delas, a de ser campeão.

Para Bruno de Carvalho, Madeira Rodrigues é alguém que tem um discurso redondo e usa chavões dos rivais, que não tem um plano definido para o futuro do Sporting e que se limita a apontar o que não se fez e não o que se fez.

23h19 Pedro Madeira Rodrigues

Vamos trazer a cultura de exigência, a cultura ganhadora. Vamos ser campeões, juntar campeões, por isso trouxemos Bölöni e Delfim. Viva o Sporting.

23h17 Bruno de Carvalho

Ficou claro quem tem a equipa e o projeto. Sou um insatisfeito por natureza. Vamos cada vez melhorar mais o que temos feito. O nosso maior património são os sócios e os adeptos. Vamos continuar a onda verde, a ter os parceiros que não se riem. Por mim está tudo por fazer e aquilo que quero é servir o SCP.

23h12 Pedro Madeira Rodrigues

O sacrifício da exposição de Bruno de Carvalho foi nosso, dos sportinguistas. Tive de sair de uma intervenção na AG em que ele falava num tom ordinário. Esta ideia da Sporting Rádio? O nosso rival também fala nisso e lá vai ele atrás. Sabe onde estão os notáveis, aqueles que se servem do Sporting? Na sua lista de Comissão de Honra. Eu não quero o José Maria Ricciardi. Quem quiser vitórias morais, vota na lista B de Bruno de Carvalho.

23h10 Bruno de Carvalho

Espero resguardar-me mais nos próximos quatro anos. Expus-me muito e isso prejudicou-me bastante. Espero que outros sportinguistas com poderes decisórios possam fazer o seu trabalho.

23h04 Bruno de Carvalho

Quando as pessoas são de facto honestas, diz quem são pessoas que lhe ligam a criticar-me. Fala do Marco Silva, do estágio de Chaves. Sobre a comunicação, diz que vai investir. Sobre Jesus, diz que vai investir 20 milhões para o despedir. E ainda vai criar centro de estágios no norte. Sobre comunicação: não vê os posts do Vitor Espadinha, mas vê os meus. Ok.

23h00 Pedro Madeira Rodrigues

Assuma que disse que queria ser campeão. Temos de ser credíveis e nós andamos a aprender a mentir com os nossos rivais. Por exemplo, na história dos números da bilheteira martelados. Depois, a cultura do medo. Não se lembra de chamar abutre, lampião, rato. A comunicação que eu quero para o Sporting é outra, não podemos estar sempre a falar dos nossos rivais.

22h52 Pedro Madeira Rodrigues

Nós queremos recomprar a Academia porque ela está em nome do BCP. Eu até achava que era Millenium BCP, mas é só BCP. O que se exige de mim é ser presidente do Sporting Clube de Portugal. Eu quando tinha seis anos queria ser jogador do Sporting e não presidente. Porque isso é saudável. Agora, querer ser presidente pela remuneração e pelo reconhecimento público. Eu desestabilizo? E a atitude vergonhosa com Marco Silva? Sabe quem é que foi a primeira pessoa que disse que o Sporting não ia ser campeão este ano? Jorge Jesus. Sobre a área financeira gostava de perceber a questão dos fundos. Não sou contra os fundos bem geridos, podem ser importantes. Aqui houve um volte-face. Russos, Americanos e agora o Cáala. E a Traffic. Modalidades? Treinador de andebol? Vai-se embora. A culpa nunca é da pessoa que tem o know-how. Da pessoa que tem curso de treinador e que dá instruções aos jogadores quando vão entrar.

22h42 Bruno de Carvalho

Se você trabalha desde os 18, eu trabalho desde os 16. Sei que você tem muita vontade em ser presidente do Sporting, mas quero que as pessoas percebam o que se discute aqui. No site do clube há um espaço de eleições onde se pode ler os programas de cada um dos candidatos. Em termos da Academia: herdamos um leasing, dois empréstimos, a taxas inacreditáveis. Conseguimos reduzir isto. Temos de continuar num crescimento sustentado e o outro candidato não se pode aproveitar dos maus resultados no futebol. Temos muito lucro, nunca se investiu tanto nas modalidades.

22h36 Pedro Madeira Rodrigues

Nem sequer está no vosso programa as obras no estádio. Agora, os números que você mostrou, não batem com os números que nós temos Esse tipo de gestão, em que o clube acaba em 2.º e o treinador pede um aumento de 60%... Tem de acabar.

22h30 Bruno de Carvalho

Vamos lá aos factos. Crescemos no número de sócios, nas receitas televisivas, fizemos as maiores vendas de sempre, a evolução da bilheteira é sempre para cima. Quanto ao pé quente do Montero... O Téo marcou 16 golos. O Montero queria embora, Téo foi muito importante para nós.

22h22 Pedro Madeira Rodrigues

Fique sabendo que o Sporting não vai acabar e que o Sporting não vai acabar. Sabe quem é que disse que salvou o Sporting? Godinho Lopes. Soares Franco. Roquette. Quanto à situação financeira... Como é que se compreende a venda de Montero se ele estava com o pé quente? Sei que você não percebe muito desta coisa do futebol. Mas com Bruno de Carvalho, perdemos 25% do Sporting. Para recuperar isto, para poder pagar as VMOC'S, teremos de fazer um maior equilíbrio, baixar o orçamento para 45 milhões/50 milhões. Já agora, sobre Álvaro Sobrinho, o que me dizem lá fora é que ele é uma pessoa "exposta politicamente". Temos ladrado muito e mordido pouco. Eu não o chamei patético. O que é patético é a volta olímpica e a história do cuspiu, não cuspiu. Eu quero negociar o naming do estádio, o nome das bancadas, com os investidores com quem ando a falar.

22h20 Bruno de Carvalho

Gostava de perceber qual era o rumo que o outro candidato tem pensado para o Sporting. Até agora, não ouvi nada, só ganhar, ganhar, e tal. Futebol? Bölöni, Delfim e Pina Cabral. De resto, nada. Ouço chavões de pavilhões e da Doyen que se lê nos blogues dos nossos rivais.

22h17 Pedro Madeira Rodrigues

Estamos sempre a ouvir os auto-elogios e já sabemos o que vai acontecer a seguir. Continuaremos a perder. Esta falta de cultura de exigência...

22h10 Pedro Madeira Rodrigues

Títulos para o futebol, infelizmente, só nos jornais. Hoje, por exemplo, o desmentido do empresário do clube chinês sobre a transferência de Bas Dost. E ainda estou à espera de perceber que história era aquela dos 80 milhões de euros por Slimani. Quanto ao ser anti-benfiquista... Eu sou muito mais sportinguista do que anti-benfiquista, já você não deve ser assim tanto, porque o seu mandato é o mandato dos títulos do Benfica. Quanto ao Pavilhão que o Sporting está a construir, sou eu quem terá de pagar a dívida à Doyen. Falou que tinha feito fundações? Eu também fiz e faço voluntariado, mas não gosto de expôr o meu nome.

22h07 Bruno de Carvalho

O investimento nas modalidades, que o candidato chamou de despesismo, é para continuar. O que ele chama de despesismo eu chamo de respeito pelos sportinguistas.

22h06 Bruno de Carvalho

Volto a insistir que temos um saldo de 82 milhões de euros, que pagamos menos comissões do que os outros. Pela primeira vez, vencemos torneios de formação em quatro continentes. Naõ podemos vir aqui, só porque isto são eleições, dizer coisas como: "Eu sou anti-benfiquista". Neste momento está muito preocupado com a palavra imbecil, mas já me chamou pateta.

22h05 Pedro Madeira Rodrigues

A formação? Deixámo-nos apanhar pelos nossos rivais. No meu tempo, em que eu jogava, havia benfiquistas que vinham para aqui jogar porque éramos os melhores. Agora há uma grande desorganização. Antes, 50% dos escalões jovens da seleção eram nossos; agora, esses números estão com os rivais. A equipa B é o corolário de uma má estratégia.

22h00 Pedro Madeira Rodrigues

Eu, desestabilizador? E as figuras patéticas que você fez em Chaves? Felizmente as pessoas sabem as relações que o presidente tem com os jogadores. Eu aguentei ao máximo a apresentação de Bölöni para não desestabilizar e não vou fazer como Bruno de Carvalho fez quando apresentou van Basten, há anos. Temos uma obsessão pelo nosso rival que não se justifica.

21h55 Pedro Madeira Rodrigues

Se eu não for campeão nos primeiros quatro anos, saio do Sporting. Você, em 2013, disse que a medida de sucesso seria ser campeão. Continuo sem saber quem é Costa Aguiar, não vou massajar o ego de um treinador que já é, por si, muito egocêntrico. Falando de contratações, de mais de 60 milhões, conseguimos fazer um bom negócio com Slimani. Mas foram erros atrás de erros. Nós, Sporting, contratámos 15 jogadores quando tínhamos miúdos da formação.

21h52 Bruno de Carvalho

Adoro o Bölöni, deu-me alegrias imensas. O Delfim tinha um pontapé canhão, mas agora tem um negócio de agricultura. Bem sei que há fruta no futebol.

21h45 Bruno de Carvalho

Bom, obviamente isto de se dizer que se traz um treinador novo é péssimo para o balneário. Péssimo. É uma desestabilização. A média desta direção é três épocas por Taça de Portugal e três épocas por Supertaça. E isto é uma média superior às anteriores direções. Quero dizer que, quanto às transferências de jogadores, tenho isto a dizer: entre equipa A e B, vendas e compras, há um saldo positivo de €82 milhões. Isso é o que me interessa. Se quer saber quem é Costa Aguiar, dou-lhe o número. Ou então pode fazer o mesmo que fez quando apanhou Jorge Jesus no Ramiro e lhe disse que era o melhor treinador do mundo.

21h42 Pedro Madeira Rodrigues

Já agora que falamos de comissões. Quem é Costa Aguiar? Que recebeu tanto dinheiro com Bruno César? O índice de aproveitamento tem sido muito fraco. Bruno de Carvalho sempre disse que ia ser o ano das contratações cirúrgicas a cada ano que passou. E não foi isso que se passou. Connosco isso não vai acontecer porque vamos ter uma equipa B a funcionar em condições.

21h35 Pedro Madeira Rodrigues

Contactado e convidado oficialmente são coisas diferentes. Foram ditas muitas coisas dispersas sobre Bölöni. Sobre o resto: eu nunca disse que para se ser um bom líder tinha de se ter uma boa estabilidade familiar. Quanto ao IRS? É porque eu tenho estabilidade, trabalho desde os 18 anos, não sou amador. Já me falaram do rendimento que você auferia antes de entrar, que era de dez, quinze vezes menos do que ganha agora no Sporting, mas eu não quero acreditar que você faria isso ao Sporting. Jorge Jesus tem ganhado muito dinheiro e o que ele deixou foi uma Supertaça e pouco mais.

21h33 Bruno de Carvalho

Abutre? Zero à esquerda? Só lhe responderei a isso quando me explicar o que significa ser um bom candidato porque se tem estabilidade familiar ou porque se entrega o IRS. A nível de futebol, mantivemos a maioria da SAD, ao contrário do que diziam todos os experts. E fizemos as maiores vendas de sempre no Sporting, uma delas a maior de sempre de um português para o estrangeiro. E quem fez essa gestão de ativos? Bruno de Carvalho. Vamos manter esta equipa que tem resultado.

21h27 Pedro Madeira Rodrigues

Basicamente, as pessoas que você diz que sairam do Sporting e que estão na minha lista são pessoas que não são yes man. Você quer yes man. Estamos fartos de ser processados, ofendidos. Quanto a Vítor Espadinha e àquela linguagem. Foi você chamou-me imbecil, zero à esquerda... e lampião, e essa é que me custou.

21h25 Bruno de Carvalho

Em primeiro lugar vou tentar cingir-me às perguntas. Há, de facto, uma diferença entre as equipas da Lista A e da Lista B. Queremos manter a equipa diretiva que tínhamos. Mas falando de Vítor Ferreira… ele foi afastado unanimemente (e há atas disso). Deixámos que ele saísse como se ele tivesse saído pelo próprio pé. Ele era do mundo do futebol, mas estava afastado há muito tempo do futebol. Entrar pelas razões que o levaram a sair, é entrar pela vida privada. Já agora, Mário Saldanha deixou de falar comigo porque tirei o Conselho Leonino dos business seats. Quanto a Vítor Espadinha, ele chamou-me abécula, palhaço, etcetera. Se Pedro Madeira Rodrigues fala de elevação...Já Rui Morgado…. Havia reclamações constantes de parceiros, adversários pelo seu comportamento, desde o primeiro dia. Agora, os lugares de decisão. Estamos na direção da Liga, somos pioneiros nas questões do videoárbitro, fazemos recomendações e estamos presentes na FIFA, no parlamento, na UEFA.

21h20 Pedro Madeira Rodrigues

Sozinho não vamos a lado nenhum. Trago o Vitor Ferreira, que começou com Bruno de Carvalho, mas saiu. Temos o Rogério d e Brito. Temos Mário Saldanha, para o basquetebol. Trazemos o Vitor Espadinha e também o Rui Morgado. Vamos trazer rigor financeiro para terminar com o despesismo. Temos, connosco, o filho do professor Moniz Pereira e queremos que Moniz Pereira seja para sempre sócio vitalício. Bruno de Carvalho trouxe boas pessoas para o Sporting mas depois elas acabaram por sair. E temos de voltar a colocar o Sporting nos lugares de decisão.

21h15 Bruno de Carvalho

Em primeiro lugar vou tentar cingir-me às perguntas. Há, de facto, uma diferença entre as equipas da Lista A e da Lista B. Queremos manter a equipa diretiva que tínhamos. Mas falando de Vítor Ferreira… ele foi afastado unanimemente (e há atas disso). Deixámos que ele saísse como se ele tivesse saído pelo próprio pé. Ele era do mundo do futebol, mas estava afastado há muito tempo do futebol. Entrar pelas razões que o levaram a sair, é entrar pela vida privada. Já agora, Mário Saldanha deixou de falar comigo porque tirei o Conselho Leonino dos business seats. Quanto a Vítor Espadinha, ele chamou-me abécula, palhaço, etcetera. Se Pedro Madeira Rodrigues fala de elevação...Já Rui Morgado…. Havia reclamações constantes de parceiros, adversários pelo seu comportamento, desde o primeiro dia. Agora, os lugares de decisão. Estamos na direção da Liga, somos pioneiros nas questões do videoárbitro, fazemos recomendações e estamos presentes na FIFA, no parlamento, na UEFA.

21h09 Bruno de Carvalho
Trabalho desde a reestruturação financeira, rigor e equilíbrio financeiro, inflexão na lógica do desinvestimento nas modalidades. Olhem para os projetos e para os candidatos, livremente tomem as suas decisões, vejam quem está melhor preparado e votem de acordo com a sua consciência. Mas, sobretudo, faço um apelo: venham votar. Venham aqui no dia 4, a Alvalade.

21h10 Pedro Madeira Rodrigues

Temos um projeto para o futuro. Claramente somos muito diferentes, no estilo de liderança. Aqui gostava de acrescentar a estrutura para o futebol. Ontem apresentei um nome para o coordenador para a formação do futebol. Finalmente, vamos ter uma estrutura, coisa que não existia antes. Vamos falar de ideias para o estádio, o fim do isolamento para o Sporting, e acredito que os sportinguistas votem massivamente em nós.