Tribuna Expresso

Perfil

Sporting

Jesus: “Quero pedir desculpas ao fiscal de linha, porque ele viu muito bem”

Primeira parte do jogo foi “boa”, mas depois “as substituições mataram a equipa”. Jorge Jesus queria mais um golo, Bas Dost também. O golo aconteceu mas foi anulado, porque o avançado do Sporting estava em posição de fora de jogo

Expresso

MANUEL DE ALMEIDA/LUSA

Partilhar

Começando por "pedir desculpas ao fiscal de linha, que viu muito bem" e anulou um golo a Bas Dost, que estava em posição de fora de jogo, Jorge Jesus disse ter gostado da “primeira parte do jogo”, mas que depois “as substituições mataram a equipa”. “A equipa perdeu qualidade de jogo, perdeu ideias de jogo ofensivamente, porque defensivamente esteve sempre serena e controlou as poucas possibilidades do Nacional”, disse, em entrevista à Sport TV, minutos após o final do jogo com o Nacional, que terminou com uma vitória do Sporting por 2-0.

“Foi pena que a equipa na última meia-hora não fosse à procura do terceiro golo, preocupou-se em defender o 2-0, defender mais do que a correr riscos. Não é que seja a minha mentalidade, mas tenho que criar essa mentalidade com o tempo que tiver aqui. A cultura vencedora trabalha-se em várias vertentes”, acrescentou o treinador do Sporting.