Tribuna Expresso

Perfil

Sporting

Coentrão e as juras de amor ao Benfica: “Todos nós erramos na vida. Foi um erro que cometi”

Fábio Coentrão diz estar muito feliz por cumprir o "sonho" de jogar no Sporting, espera "estar no Marquês logo em abril" e, quem sabe, "acabar a carreira" em Alvalade, admitiu em entrevista ao "Record"

Expresso

Fábio Coentrão brilhou no Benfica em 2009/10 e 2010/11, com Jorge Jesus como treinador

PATRICIA DE MELO MOREIRA/GETTY

Partilhar

O Benfica é passado, o Sporting é o presente - e o futuro. É Fábio Coentrão quem o garante, esta sexta-feira, em entrevista ao "Record", onde confessa que chegar a Alvalade foi um "sonho".

"Sempre tive o sonho de poder jogar neste grande clube, o Sporting. Felizmente surgiu essa oportunidade e nem olhei para trás", garante o internacional português de 29 anos, que antes de assinar com o Benfica, em 2007, tinha confessado ser... do Sporting. "Sim, disse isso à chegada e disse-o em 2007, salvo erro. São coisas que me saíram do coração".

Contudo, depois de jogar na Luz em 2009/10 e 2010/11 e de partir para o Real Madrid, Coentrão garantiu que em Portugal só jogava... no Benfica. Só que agora... arrepende-se. "Digo o mesmo a toda a gente que me fala sobre esse episódio: todos nós erramos na vida. Não há nenhum ser humano que não erre. No meu caso, já errei muitas vezes e esse foi um erro que cometi no passado. É com os erros que aprendemos: esse ficou para trás, bem para trás", explicou.

"O que quero agora - e estou concentrado nisso - é focar-me no Sporting e em ajudar o clube a conseguir os seus objetivos. Estou feliz aqui e quanto às polémicas... deixo-as bem para trás", acrescentou o lateral esquerdo do Sporting, que ainda não pensa no regresso à Luz, marcado para dezembro.

"Nesta altura só penso no jogo de domingo, a nossa visita à Vila das Aves. Quando chegar o momento de ir jogar ao Estádio da Luz, irei lá com esta camisola e irei fazer o que sempre fiz: respeitar toda a gente. Fui riado assim e vou continuar a ser assim", garantiu.

Questionado sobre o dérbi da segunda volta do campeonato, marcado para a penúltima jornada, Coentrão respondeu assim: "Espero já ir de cabeça pintada". Ou seja, espera já ser campeão e estar no Marquês. "Espero estar logo em abril! Quanto mais cedo, melhor", disse.

"Estou a caminho dos 30 anos, ainda tenho uns aninhos pela frente e gostaria que as coisas corressem bem aqui, que pudesse ganhar o título, que as pessoas me acarinhassem, para que possa, quem sabe, acabar a minha carreira aqui", admitiu. "Vou dar tudo para que este clube seja campeão, porque já chega!"

Fábio Coentrão chegou esta época ao Sporting, depois de ter representado o Benfica em 2009/10 e 2010/11

Fábio Coentrão chegou esta época ao Sporting, depois de ter representado o Benfica em 2009/10 e 2010/11

PATRICIA DE MELO MOREIRA/GETTY

Jorge Jesus e Cristiano Ronaldo

Sobre a sua relação com Jorge Jesus, com quem esteve na Luz, Fábio Coentrão garantiu que foi decisiva para sua mudança. "Como toda a gente sabe, tenho uma grande admiração pelo mister Jorge Jesus", explicou.

"Quem trabalha com Jorge Jesus está mais perto do sucesso, da evolução. É como digo: podemos ter 25, 30 ou 35 anos. Nesta profissão, estamos sempre a aprender e não há ninguém melhor que Jesus para que possamos crescer enquanto jogadores".

Coentrão também disse que deu logo o 'sim' ao Sporting, sem pensar duas vezes, decisão que teve o apoio do colega de equipa Cristiano Ronaldo. "Ele apoiou-me imenso. Sabe que é um grande clube, pois também cresceu aqui. Sabe que este clube, com este presidente e este treinador, seria bom para mim".

Partilhar