Tribuna Expresso

Perfil

Sporting

No intervalo do clássico também houve espectáculo: Adrien despediu-se do Sporting em lágrimas

Abraçado a Paulinho, o roupeiro da equipa, Adrien Silva despediu-se dos ex-companheiros e dos adeptos do Sporting, no centro do relvado

Expresso

Adrien Silva e a família despediram-se do Sporting

José Sena Goulão/Lusa

Partilhar

Antes do início do clássico Sporting-FC Porto, já se sabia que Adrien Silva estava em Alvalade para ser homenageado, com o presidente Bruno de Carvalho a oferecer ao ex-capitão uma camisola '241', correspondente ao número de jogos efetuados por Adrien ao serviço do clube.

Mas foi no intervalo do jogo, já no relvado, que a homenagem a Adrien, de partida para o Leicester, ganhou contornos mais emocionantes.

Num discurso aos adeptos marcado por lágrimas, o internacional português recebeu novamente uma camisola do clube com o número 241, agora das mãos do diretor para o futebol dos 'leões', André Geraldes, e foi fortemente abraçado pelo roupeiro Paulinho, também ele em lágrimas.

O jogador viu também um vídeo com alguns dos seus melhores momentos nos monitores do estádio e recebeu uma ovação de pé da massa associativa leonina, tendo a homenagem ficado completa no relvado com uma mensagem em letras gigantes: "Obrigado capitão Adrien Silva".

Recorde-se que o Sporting vendeu Adrien Silva ao Leicester, mas a a inscrição do jogador não foi finalizada a tempo, pelo que o internacional português provavelmente ficará sem jogar até janeiro, altura em que as inscrições reabrem.