Tribuna Expresso

Perfil

Sporting

Bryan Ruiz está de volta e Jesus explicou porquê: “O que me disse marcou-me”

O Sporting recebe quinta-feira o Famalicão (20h30, SportTV1), na quarta eliminatória da Taça de Portugal, e Jorge Jesus aproveitou a antevisão da partida para a explicar o regresso de Bryan Ruiz ao plantel

Expresso

Bryan Ruiz está no Sporting desde 2015/16

PATRICIA DE MELO MOREIRA/GETTY

Partilhar

Três meses depois, Bryan Ruiz está de volta ao plantel principal do Sporting. O costa-riquenho estava a treinar à parte desde que tinha sido dispensado por Jorge Jesus, mas acabou por não sair, apesar das propostas que o clube recebeu.

"Foi uma decisão minha no principio da época. Ele sabe o que lhe disse. Achou por bem que não houve nenhuma equipa que o satisfizesse desportivamente", começou por explicar Jorge Jesus.

"É um jogador muito sério, um grande profissional. Trabalhou sempre nestes meses em que não esteve connosco com grande responsabilidade. Ao longo destes dias encontrei-me com ele várias vezes e ele disse-me que queria ser campeão no Sporting. Isso marcou-me", disse o treinador do Sporting.

"Na Costa Rica ele é um deus. Também por causa da seleção, faltam alguns meses para o Mundial e tinha de olhar para ele, respeitá-lo como jogador", acrescentou Jesus, justificando a sua decisão de reintegrar Ruiz.

Ainda assim, o médio não integrará os escolhidos para o jogo de quinta-feira contra o Famalicão, uma vez que está lesionado. O mesmo deve acontecer com os jogadores que saíram limitados do último jogo do Sporting, antes da paragem no calendário para os compromissos das seleções. "Estes dias deram para recuperar alguns jogadores que apareceram carregados fisicamente no úlitmo jogo do campeonato. Mas os jogadores que não estiveram com a Juventus – o caso do William, do Matthieu, do Fábio e o Piccini – estão completamente recuperados em termos físicos, mas ainda não estão em termos da intensidade e do trabalho diário para poderem ser já uma solução amanhã", disse.

"Mas penso que teremos todos os jogadores disponíveis para que com o Olympiakos me possam dar uma dor de cabeça", acrescentou, referindo-se ao jogo da Liga dos Campeões, marcado para a próxima quarta-feira, em Alvalade.