Tribuna Expresso

Perfil

Sporting

Rui Patrício, a psicologia e... o ioga: “Comecei a trabalhar com uma psicóloga aos 23 anos. Quem me dera que tivesse sido mais cedo”

O guarda-redes do Sporting concedeu uma entrevista ao canal do clube, na qual revelou o seu lado mais pessoal

Expresso

Rui Patrício estreou-se no Sporting em 2006/07

FRANCISCO LEONG/GETTY

Partilhar

Sporting pode conseguir o título?

"Está mais perto do que nas últimas épocas. Todos os anos lutamos para ganhar o campeonato e temos tido um bom crescimento com os jogadores que estão a aparecer. Cada jogo é o ideal para crescer."

Resultados negativos

"Temos de estar preparados para as coisas menos boas. Momentos menos bons vão acontever sempre, o ideal é não sermos surpreendidos. Um grupo campeão tem de saber reagir. O crescimento tem estado à vista. Podemos lutar em todas as frentes e acreditamos que o faremos até ao fim. O que aconteceu com o Braga só tem de nos dar força para não se repetir".

Evolução individual como guarda-redes

"A maturidade e a experiência vão dando autoconfiança. Desde que jogo na equipa principal sinto-me com capacidades para isso, mesmo com momentos menos bons. O que aconteceu quando comecei a jogar deu-me muita maturidade. Toda a gente erra, mas existem várias formas de ultrapassá-lo".

Ajuda da psicóloga Ana Ramires

Fátima Lopes e Rui Patrício com a psicóloga Ana Bispo Ramires

Fátima Lopes e Rui Patrício com a psicóloga Ana Bispo Ramires

"Deu-me outro modo de saber viver com os erros. Trabalhei com uma pessoa da área, a Ana Ramires [psicóloga de performance que é cronista da Tribuna Expresso]. Comecei aos 23 anos. Quem me dera que tivesse sido mais cedo, antes de jogar na equipa principal. Quase de certeza que chegaria lá melhor preparado. Conhecemo-nos melhor e percebemos como estamos para depois criarmos as nossas próprias estratégias para o jogo, para cada momento, para sabermos viver com os erros em qualquer situação. Faz muita falta a aposta nesta área, inclusive nos clubes. É uma mais-valia."

Ioga para relaxar

"Fiz ioga durante alguns anos a nível de recuperação. A parte dos ensinamentos vem do ‘Atma Kriya Ioga’. Fiz o curso e faço os exercícios todos os dias. Se não fizer começa o stress… Sinto a diferença. Interiormente, para estar bem, é uma arma que tenho."