Tribuna Expresso

Perfil

Sporting

Salin: "Tudo podia acontecer, mas a equipa entrou com bom espírito"

Guarda-redes francês, que substituiu Rui Patrício no jogo da Taça de Portugal frente ao Vilaverdense, assumiu na flash da Sport TV que o Sporting tinha "a responsabilidade" de ganhar o encontro

Partilhar

O jogo

“Tínhamos responsabilidade neste jogo porque o Sporting é um grande clube. A equipa mudou um pouco, mas sabíamos que o Vilaverdense estava a fazer um grande campeonato no Campeonato de Portugal. Tudo podia acontecer, mas a equipa entrou com bom espírito. A equipa já tinha dito que tínhamos de nos preparar bem e fizemos isso."

Melhorias na 2.ª parte

"O meu trabalho é o de fechar a baliza e isso foi feito. O resto é o mister que manda: sabemos o que não fizemos bem na 1.ª parte, mas segunda foi um pouco melhor. Temos que ficar focados nos objetivos e parabéns também para os adeptos porque havia muita gente para um jogo durante a semana. É bom jogar com o estádio composto”

Substituir Patrício

"Esta é uma responsabilidade melhor porque não estava habituado a ser o segundo guarda-redes. Estar na sombra do Rui dá-me mais responsabilidade porque tenho de assumir melhores prestações quando sou chamado”