Tribuna Expresso

Perfil

Sporting

Jorge Jesus e as preferências para as meias-finais: "Não tenho nada a ver com isso. Os campeões pensam neles, não nos outros"

O técnico do Sporting admitiu após a vitória da equipa nos quartos de final da Taça de Portugal (2-1 frente ao Cova da Piedade) que a equipa está à procura de mais um avançado e garante que não está a pensar no adversário para as meias-finais

Expresso

M\303\201RIO CRUZ

Partilhar

Mudanças ao intervalo

“Todas as equipas têm um onze que metemos e mais três que podem modificar o jogo em qualquer situação. É claro que a ganhar não teria metido o Bas Dost. Agora o que importa é que a Taça é isto. Há grandes surpresas e nós procurámos não ser surpreendidos. O Cova da Piedade, mesmo sendo da 2.ª Liga, tinha muitos jogadores de 1.ª Liga, alguns deles que eu já treinei, como o Evaldo”

Cova da Piedade

“A equipa do Cova da Piedade portou-se muito bem, deu prestígio à Taça e à 2.ª Liga. É uma equipa bem trabalhada do ponto de vista tático. Hoje em dia os treinadores portugueses têm muita qualidade, acima do normal em relação ao resto do Mundo”

Objetivo cumprido

“O objetivo foi atingido, que era o que queríamos. Andamos a jogar de três em três dias, este mês será assim, o roulement existirá mais vezes. Hoje quatro jogadores não foram utilizados - Gelson, William, Piccini e Mathieu - não foi opção minha, mas por não estarem bem fisicamente. Espero que domingo já estejam bem”

Reforços

“O Rúben Ribeiro vem acrescentar, o Wendel e o Misic são para o próximo ano, numa perspectiva de futuro, até porque os campeonatos onde jogavam estão parados. Não quer dizer que não possamos trabalhá-los este ano e que possam ajudar”

À procura de um avançado?

“Sim, andamos à procura que possa acasalar com o Bas Dost, porque o Doumbia é como ele. Hoje era um jogo diferente, contra uma equipa da 2.ª Liga, era preciso poder dentro da área, em cima dos centrais. Na 1.ª parte, depois dos cruzamentos, não havia poder dentro da área e a alteração foi feita por isso. Andamos à procura de um jogador para aquela posição, se encontrarmos vem, se não encontrarmos, não vem”

Moreirense ou FC Porto nas meias-finais?

“Não tenho nada a ver com isso. O que eu quero, e os adeptos também, é ter mentalidade para atingir os objetivos. Os campeões pensam neles, não nos outros”