Tribuna Expresso

Perfil

Sporting

Está consumado o acasalamento: Bas Dost & RR7

Rúben Ribeiro estreou-se pelo Sporting a titular e ofereceu o primeiro golo do jogo a Bas Dost - o holandês marcou três e o Sporting venceu o Aves (3-0)

Expresso

A nova dupla atacante do Sporting: Rúben Ribeiro e Bas Dost

PATRICIA DE MELO MOREIRA/GETTY

Partilhar

Foi Jorge Jesus quem o disse, depois do jogo com o Cova da Piedade, para os quartos de final da Taça de Portugal:

"Andamos à procura de um jogador que possa acasalar com o Bas Dost".

É verdade que o avançado holandês, com Podence, Bruno Fernandes ou Doumbia (este último bem menos vezes) nas proximidades, já tinha somado 16 golos na Liga esta época, mas a nova parceira atacante de Jesus teve efeito imediato, esta noite, em Alvalade.

Rúben Ribeiro - o novo 7 do Sporting - chegou na quinta-feira, proveniente de Vila do Conde, e foi logo aposta como titular, frente a um Aves que RR7 também tinha defrontado esta semana, no seu último jogo pelo Rio Ave, para a Taça de Portugal. É que, ao contrário dos reforços Wendel e Misic, o 'trintão' Ribeiro está bem habituado a estas andanças: excluindo Rui Patrício, que já leva 311 jogos no currículo, Rúben Ribeiro é o jogador do atual onze do Sporting com mais experiência na Liga portuguesa, com 147 partidas.

E a estreia do novo parceiro de Bas Dost no ataque não poderia ter corrido melhor: à passagem da meia-hora de jogo, Rúben fintou um adversário pela direita, viu Bas Dost na área e endereçou-lhe a bola pelo ar, com o holandês a corresponder com uma cabeçada certeira para golo.

Antes, o Aves de Lito Vidigal - hoje castigado, pelo que foi o adjunto, o professor Neca, a ficar no banco - até tinha causado alguns calafrios aos sportinguistas. Apesar de estar bem fechado num 5-4-1 em frente à área, saía rapidamente para o contra ataque, com as investidas do rápido Amilton e do talentoso Salvador Agra, que sentou Mathieu na área, mas não foi mais rápido do que Rui Patrício, que se saiu de forma perfeita à bola.

À entrada para o intervalo, foram novamente os mesmos protagonistas a assustar Patrício: Agra cruzou e Amilton cabeceou a bola para a barra da baliza do Sporting, mantendo o 1-0.

Ainda assim, quase sempre pelo corredor direito, pelos pés do irrequieto Gelson e de um Piccini muitas vezes subido, foi o Sporting a criar mais perigo, como era expectável. Mas o segundo golo só surgiu já na 2ª parte. Aos 50', Gelson recebe a bola na área e é carregado por Vítor Gomes. Bas Dost assumiu a responsabilidade e marcou o 18º golo na Liga...

... e marcaria o 19º em cima do apito final. Depois de um passe de Bruno Fernandes a rasgar, pela direita, Piccini cruzou e Bas Dost só teve de encostar para fazer mais um hat trick - também tinha feito um no último jogo na Liga, contra o Marítimo (5-0).

Com esta vitória, o Sporting sobe para líder da Liga, com 46 pontos, e mantém a pressão sobre o FC Porto, que tem 45 pontos e vai segunda-feira ao Estoril (21h, SportTV1).