Tribuna Expresso

Perfil

Sporting

Jorge Jesus e o amigo Sérgio: “O trabalho dele está à vista, não estou admirado e já sabia que isto ia acontecer”

Na véspera da meia-final da Taça da Liga entre Sporting e FC Porto, o treinador leonino deixou elogios ao rival portista, de quem é amigo. E falou também de Bruno Fernandes, o “terceiro volante” e dos reforços da equipa

Expresso e SIC Notícias

Partilhar

Mau momento?

“Somos as equipas [Sporting e FC Porto] que não perderam nas competições nacionais. O facto de nós, Sporting, estarmos num momento menos bom... Não é um jogo [empate com o Vitória de Setúbal], no meio de vinte e muitos jogos, que define se a tua equipa está bem ou está mal. O Sporting tem vindo a ganhar, não tem derrotas. Não é o jogo com o Setúbal que nos vai afetar”.

Os pontos fracos do FCP

“Bom, as lacunas – as poucas que possa ter, e tem– não as vou estar aqui a dizer. Obviamente, todas as equipas tem pontos fortes e menos fortes, e nós tentamos trabalhar em cima disto. Vamos tentar explorar isso. Vai ser um jogo muito tático, muito apertado, com poucos espaços e que poderá ser decidido por uma jogada individual. Mas ambas as equipas vão ter dificuldade em impôr o seu jogo, porque ambas as equipas defendem muito bem”.

Será igual?

“No primeiro jogo que nós tivemos, para o campeonato, o Porto saiu mais reforçado porque saiu com um empate de Alvalade. Amanhã, é diferente. É uma meia-final e tem de ficar decidida. O jogo vai ser mais arriscado, como é óbvio. Agora, vamos ver se temos capacidade para sair das fases de jogo em que o Porto nos apertou muito bem no primeiro jogo. Espero bem que amanhã possamos fazer isto”.

O amigo Sérgio

“Tanto o Sérgio, ou seja, o FC Porto com o Sporting estão a fazer uma boa época. Amanhã, um dos dois vai ter que perder, nem que seja nas grandes penalidades. O Sérgio está a fazer um trabalho... a classificação mostra isso, não é nada de anormal. Não me admira e era isto que eu pensava que ia acontecer. Falamos muito”.

Bruno Fernandes

“Face ao sistema da equipa... Ele é um jogador com uma boa polivalência no aspeto tático, porque conhece os momentos do jogo, sem bola e com bola. Do ponto de vista técnico-tático, um treinador está sempre tranquilo com um jogador como o Bruno Fernandes. Se calhar, joga melhor numa posição do que noutra, e é por isso que ele este ano já leva tantos golos. Ele tem rendido mais este ano nos jogos em que tem feito mais golos, como dizem os brasileiros, como terceiro volante, ou seja, segundo avançado”.

Os reforços

“Todos os plantéis onde tenho trabalhado – Sporting, Belenenses, Braga – serão sempre feitos à minha imagem e com os objetivos e possibilidades dos clubes. No meu primeiro ano aqui também contratámos cinco ou seis jogadores; este ano, já contratámos quatro jogadores e também já saíram três jogadores. Isto enquadrou-se numa ideia técnico-tática, mas também numa ideia de quantidade. A equipa não está à minha imagem, está à imagem do Sporting. Mas está melhor”.

  • Podence falha treino do Sporting

    Multimédia

    Sporting e FC Porto já têm a mira apontada à meia-final da Taça da Liga marcada para amanhã.Os portistas treinam esta tarde, no Dragão. Já o Sporting prosseguiu esta manhã a preparação do jogo sem Daniel Podence, que está lesionado