Tribuna Expresso

Perfil

Sporting

Bruno de Carvalho responde à advertência da UEFA: "Pura ironia"

UEFA não gostou das críticas do presidente do Sporting à arbitragem na Liga dos Campeões, mas Bruno de Carvalho diz que se tratou de "pura ironia"

Expresso

PATRICIA DE MELO MOREIRA/GETTY

Partilhar

A Comissão de Controlo, Ética e Disciplina da UEFA advertiu o presidente do Sporting por críticas - feitas nas redes sociais - aos árbitros dos jogos frente ao FC Barcelona e à Juventus, da fase de grupos da Liga dos Campeões Europeus de futebol.

Mas Bruno de Carvalho está tranquilo com a advertência da UEFA, conforme o próprio teve oportunidade de demonstrar, novamente nas redes sociais.

Depois da abertura de um inquérito, o órgão disciplinar da UEFA considerou que Bruno de Carvalho infringiu o artigo 11 do Regulamento da Disciplina pelos comentários que publicou nas redes sociais sobre a atuação dos árbitros que dirigiram os referidos jogos.

Contudo, o presidente do Sporting diz que tudo não passou de "pura ironia" e garante que não há problema nenhum com a UEFA. "Lá nos encontraremos no banco, em Astana, e depois no Congresso Internacional The Future of Football, onde a UEFA já confirmou mais uma vez a sua presença", escreveu no Facebook.