Tribuna Expresso

Perfil

Sporting

Jesus: “Não é verdade que os jogadores tenham recusado treinar. O presidente disse-me para convocar os jogadores que quisesse”

Ânimos apaziguados em Alvalade: Jorge Jesus disse, numa curta conferência de imprensa este sábado, com Bruno de Carvalho na sala, que todos os jogadores do plantel estarão disponíveis para o jogo de domingo, incluindo Fábio Coentrão, que só não será convocado se não estiver bem fisicamente

Expresso

Partilhar

Numa conferência de imprensa mais curta do que é habitual, Jorge Jesus endereçou o clima de tensão em Alvalade, sob o olhar atento de Bruno de Carvalho, também na sala.

Segundo o treinador, houve uma reunião entre todos e o presidente "deu liberdade" para que a convocatória do jogo de domingo, frente ao Paços, seja feita sem restrições - ou seja, afinal, parece que não irão existir jogadores suspensos.

Eis as palavras de Jorge Jesus na conferência de imprensa, em discurso direto.

A paz após a reunião entre presidente e jogadores

"Tivemos uma reunião, tudo o que se passou fica lá dentro. O importante é a liberdade que o presidente deu para convocar os jogadores que quisesse. Os jogadores ainda não estão convocados, porque estou aqui, mas vou convocar todos os que estão disponíveis a nível físico.

Temos que estar ao melhor nível dentro das situações e do que tem acontecido. Esta é uma equipa com jogadores com alguma experiência e o que vamos amanhã tentar fazer é garantir, dentro da recuperação do jogo de Madrid, que estamos a um nível satisfatório para podermos vencer e irmos a procura dos nossos objetivos. Cada jogo é uma final e os objetivos são contabilizados jogo a jogo."

Apoio dos adeptos ou críticas

"É importante que os adeptos apareçam amanhã em grande número. O mais importante neste momento é o Sporting, não pode haver divisões. A paixão é uma, igual nos jogadores e no presidente e no treinador, é o Sporting Clube de Portugal. Precisamos da ajuda deles para vencer um jogo muito difícil".

Alegada recusa dos jogadores em treinar na sexta-feira

"Não é verdade que os jogadores tenham recusado treinar. Vou-vos contar o que se passou: viajámos na sexta-feira e chegámos aqui ao estádio, não foi a Alcochete, para fazer o nosso treino de recuperação funcional, passando pelo ginásio e banhos e massagens, todo o trabalho que a nossa equipa médica normalmente faz.

Não houve recusa de nenhum jogador em treinar, isso era impossível acontecer comigo. Só aconteceu quando era jogador, quando não nos pagaram sete meses. Enquanto treinador nunca me aconteceu isso.

Resumindo: os jogadores treinaram e fiz uma reunião e fizemos uma análise do jogo de Madrid, vimos alguns vídeos. Foi esse o nosso treino em Alvalade, sexta-feira."

Convocatória para domingo

"Os jogadores que vão ser convocados são os que estao disponíveis. O Coentrão, tal como o William e o Bryan, estavam com alguns problemas em Madrid. O Fábio vai ser reavaliado pelo médico hoje para vermos como está fisicamente. Se estiver em condições físicas, vai para o jogo."