Tribuna Expresso

Perfil

Sporting

Jesus: “Mas jogámos em Madrid contra quem? Contra o Basileia? Estive sempre do lado dos jogadores”

As declarações de Jorge Jesus depois da vitória sobre o Paços de Ferreira (2-0), numa semana muito atribulada em Alvalade

Expresso

NurPhoto

Partilhar

Vitória numa semana complicada

"É importante ganhar. Tivemos uma semana turbulenta, complicada... Nós, jogadores, treinador, equipa técnica tivemos consciência que só temos uma função aqui: é trabalhar em nome de um emblema, que se chama Sporting Clube de Portugal. É um clube com história, com identidade. E quem faz crescer todos os clubes são os jogadores: hoje uns, amanhã outros.

As pessoas têm de se convencer de que os jogadores são o barómetro do Sporting. E os jogadores quiseram mostrar que estão unidos, que jogaram em Madrid, contra o Atlético, que é uma grande equipa. Perdemos 2-0. Ainda hoje vi o Real Madrid empatar com o Atlético de Madrid. Mas jogámos contra quem? Contra o Basileia? Contra quem é que a gente jogou? Tem de se perceber tudo isto. Agradeço esta forma afirmativa dos adeptos reagiram aos jogadores do Sporting. Estamos aqui para defender os interesses do Sporting. Não do treinador, não de ninguém. Os interesses do Sporting.

Senti uma equipa fisicamente carregada e emocionalmente desconfiada. A fadiga não é só física, mas também mental. E a fadiga mental é muito mais complicada. Este é um grupo muito unido. Ninguém os vai dobrar. Ninguém os vai derrubar.

Preparação do jogo e processos disciplinares

"Não foi fácil. Como treinador já passei por muitas situações, mas por esta nunca tinha passado. Tive de perceber que tinha de defender um clube. Eu e os jogadores. Principalmente eu. Foi isso que fiz. Não digo contra tudo e contra todos. Eu estive sempre do lado dos jogadores. Sabia que o mais importante é que hoje tinha de haver jogo. E tinha de haver jogo com os melhores. O que disse aos jogadores é que eu ia escolher os melhores. Nós vamos jogar. Só se estiver a polícia dentro do campo e não nos deixar entrar. Nós vamos jogar e não há hipótese.

Reparem a dignidade destes jogadores. Supostamente com um processo disciplinar jogaram em nome do Sporting. Vamos pensar, vamos refletir e vamos defender os interesses do Sporting."