Tribuna Expresso

Perfil

Sporting

Governo confirma 21 detidos em Alcochete e promete final da Taça em segurança

Secretária de Estado Adjunta e da Administração Interna, Isabel Oneto, garantiu que as autoridades estão a fazer "tudo para esclarecer" os acontecimentos desta terça-feira na Academia de Alcochete e "procurar que esta não se volte a repetir”

Expresso

António Cotrim/LUSA

Partilhar

A Secretária de Estado Adjunta e da Administração Interna confirmou a detenção de 21 pessoas, presumivelmente envolvidas nos acontecimentos desta terça-feira à tarde, na Academia de Alcochete, garantindo ainda que o Governo está a fazer tudo para “esclarecer a situação e procurar que esta não se volte a repetir”.

Isabel Oneto sublinhou ainda que as autoridades estão a “analisar o jogo da Taça de Portugal” e que “todas as medidas necessárias” serão tomadas para que o encontro de domingo entre Sporting e Desportivo das Aves aconteça em segurança. A Secretária de Estado sublinhou ainda que serão tomadas medidas de coação para “impedir a repetição dos atos” e que o Governo está “atento a estes fenómenos” de violência.

Já o Secretário de Estado da Juventude e Desporto, João Paulo Rebelo repudiou veementemente as agressões que jogadores e treinadores do Sporting foram alvo.

“Deixo aqui uma palavra de solidariedade a jogadores e técnicos que foram agredidos. Portugal tem orgulho do futebol nacional, temos responsabilidade porque somos campeões da Europa e estamos a um mês do Mundial, onde estaremos presente a fazer valer o nosso valor”, disse, sublinhando também que a governo e a Federação Portuguesa de Futebol estão a criar “todas as condições para que no domingo se viva aquilo que é uma festa familiar”.

“É uma missão do Governo, mas também uma missão que deve ser assumida por todos”, pediu João Paulo Rebelo, que fala em "ato criminoso" aquilo que aconteceu esta terça-feira na Academia do Sporting.