Tribuna Expresso

Perfil

Sporting

NOS estaria a pensar rescindir contrato com o Sporting, avançou "O Jogo"

O jornal "O Jogo" avançou que a NOS, empresa com a qual o Sporting assinou, em 2015, um acordo avaliado em 446 milhões de euros e com duração até quase 2028, estaria a ponderar rescindir o contrato devido ao atual estado das coisas no clube de Alvalade - o que a empresa, entretanto, negou por completo

Diogo Pombo

Matthew Lewis/Getty

Partilhar

A NOS, principal patrocinador do Sporting, estará a pensar rescindir o contrato que mantém com o clube de Alvalade, segundo o jornal "O Jogo", no seguimento das agressões que aconteceram no centro de treinos em Alcochete e da Operação Cashball, uma investigação coordenada pela Polícia Judiciária (PJ) do Porto à alegada corrupção em jogos de andebol.

A Tribuna Expresso tentou confirmar a notícia junto da NOS, que mais tarde emitiu um comunicado a negá-la, por completo.

O contrato em causa foi assinado em dezembro de 2015 e, ao todo, tem uma validade até quase 2028, tendo em conta as várias e diferentes alíneas que constaram no acordo - desconhece-se, portanto, se uma eventual rescisão por parte da NOS teria em conta todo o contrato, ou apenas alguns dos direitos para os quais o Sporting concedeu a exploração à empresa.

As alíneas do acordo que o Sporting comunicou à Comissão do Mercado dos Valores Mobiliários (CMVM), a 29 de dezembro de 2015:

(i) direito de transmissão televisiva e multimédia dos jogos em casa da Equipa A de Futebol Sénior da Sporting SAD e direito de exploração da publicidade estática e virtual do estádio José Alvalade pelo período de 10 épocas desportivas com início em 1 de Julho de 2018;

(ii) direito de transmissão e distribuição do Canal Sporting TV, pelo período de 12 Épocas desportivas, com início em 1 de Julho de 2017;

(iii) direito a ser o seu Principal Patrocinador, pelo período de 12 épocas e meia, com início a 1 de Janeiro de 2016.

Caso a rescisão afete a totalidade do contrato, então o Sporting ficaria sem o seu principal patrocinador - e, por consequência, uma das maiores fontes de rendimento do clube de Alvalade.