Tribuna Expresso

Perfil

Sporting

Decretada prisão preventiva para todos os arguidos no ataque à academia de Alcochete

Lusa

MATTHEW LEWIS/GETTY

Partilhar

O juiz de instrução criminal do Tribunal do Barreiro decretou hoje a medida de coação de prisão preventiva a todos os 23 arguidos detidos na sequência das agressões de terça-feira na Academia do Sporting, em Alcochete.

Num comunicado divulgado às 20h15, é referido "que se verificam todos os pressupostos, objetivos e subjetivos, dos tipos de crimes que lhes são imputados e que se verificam ainda os perigos referidos nas alíneas a) a c) do artigo 204 do processo penal", pelo que, além do Termo de Identidade e Residência, é aplicada a medida de coação de prisão preventiva.

Na última terça-feira, antes do primeiro treino para a final da Taça de Portugal, a equipa de futebol foi atacada na Academia do clube, em Alcochete, por um grupo de cerca de 50 alegados adeptos encapuzados, que agrediram técnicos e jogadores, tendo a GNR detido 23 dos atacantes.