Tribuna Expresso

Perfil

Sporting

Frederico Varandas é candidato à presidência do Sporting contra a “faceta autocrática e sectária” de Bruno de Carvalho

Médico da equipa renuncia ao cargo para poder “liderar uma solução de direção”

Pedro Candeias

Jorge Jesus, Bruno de Carvalho e Frederico Varandas no banco do Sporting

Gualter Fatia/Getty

Partilhar

Instagram

Frederico Varandas, médico da equipa de futebol do Sporting, renunciou ao cargo para poder “liderar uma solução de direção do clube que seja convergente com o desígnio histórico”. Varandas publicou um comunicado na sua conta no Instagram, na qual se diz desiludido com a “faceta autocrática e sectária do Dr. Bruno de Carvalho” que tornou impossível a sua permanência “sob pena de faltar ao dever de lealdade para com o Sporting Clube de Portugal”.

No texto, Frederico Varandas garante ter apresentado a sua demissão a Bruno de Carvalho e assume o seu passado de atleta no Sporting. “Sinto e vivo o Sporting desde os 3 anos de idade quando dei os primeiros passos como atleta na modalidade a Ginástica e até hoje, mesmo nos momentos mais críticos da minha vida, como na comissão de serviço militar no Afeganistão e em tantos outros, nunca deixei de respirar ‘Sporting’”.