Tribuna Expresso

Perfil

Sporting

E vão dois capitães (e três jogadores). William Carvalho também já terá rescindido

Depois de Rui Patrício e Daniel Podence, o terceiro jogador a cortar unilateralmente o contrato com o Sporting é William Carvalho, segundo o "Correio da Manhã". No mesmo dia, o clube de Alvalade vê ambos os capitães a rescindirem

Expresso

Carlos Rodrigues

Partilhar

A Rui Patrício e a Daniel Podence, seguiu-se William Carvalho. O "Correio da Manhã" avançou, ao fim da tarde desta sexta-feira, que o internacional português também já terá enviado a carta de rescisão unilateral ao Sporting. A Tribuna Expresso está a tentar confirmar a informação.

Numa questão de horas, o clube de Alvalade depara-se com a rescisão unilateral, e por justa causa, de três jogadores do plantel. Um cenário grave que se agrava por dois deles serem os capitães de equipa e por todos partilharem um estatuto: Patrício, Podence e William eram jogadores formados no Sporting e com mais de uma década de ligação aos leões.

William Carvalho era um de cinco jogadores do Sporting que foram convocados para o Campeonato do Mundo (os outros são Rui Patrício, Bruno Fernandes, Marcos Acuña e Sebastián Coates). O médio, campeão da Europa com Portugal, há dois anos, tem 41 internacionalizações pela seleção nacional, dois golos marcados e deverá ser um dos pilares da equipa que começará a jogar o Mundial a 15 de junho, frente à Espanha.

O médio, de 26 anos, chegou ao Sporting em 2005. Ao terminar a formação, foi emprestado, sucessivamente, ao Fátima e ao Cercle Brugge, da Bélgica, até Leonardo Jardim fazer questão de o ter no plantel, em 2013/14.

Não mais William deixaria a equipa, sendo durante cinco épocas consecutivas titular nos leões, com todos os treinadores que, entretanto, passaram pelo clube. Em 2014, foi convocado para o Mundial do Brasil, onde esteve em dois jogos e cumpriu 135 minutos na seleção que não passou da fase de grupos.

Treze anos volvidos, William Carvalho sairá do Sporting.