Tribuna Expresso

Perfil

Sporting

“O capitão certo, no lugar certo” - Miguel Maia tem 47 anos e renova por mais uma época com o Sporting

Enquanto Jorge Jesus negoceia acordo para saída limpa do Sporting, Bruno de Carvalho surge em clima de lua de mel ao lado de Miguel Maia. Aos 47 anos, capitão da equipa de voleibol mantém-se no ativo. No meio da crise, há sempre alguém que diz sim

Expresso

Rui Duarte Silva

Partilhar

“O capitão certo, no lugar certo. E assim continuará, pelo menos por mais uma época”. O capitão a que alude o comunicado do Sporting desta segunda-feira não é Rui Patrício, que há três dias bateu com a porta sem retorno à vista, mesmo que Bruno de Carvalho tenha dado ao guarda-redes acossado sete dias para reconsiderar a decisão unilateral. O timoneiro que afirma ser “um orgulho imenso continuar de leão ao peito” é Miguel Maia, o super-voleibolista que aos 47 anos renovou contrato pelo menos por mais uma época.

Em comunicado, o veterano campeão do Sporting e ex-atleta olímpico lembra que a equipa de volei fez uma “uma época fantástica” ao devolver o título ao clube 23 anos depois. Imune à saga de deserções por justa causa do futebol leonino, o voleibolista que representou a Académica e o Sporting de Espinho confessa-se do Sporting CP do coração, prometendo dar tudo - “com toda a dedicação e devoção” - para que o clube revalide o título de campeão nacional.

Além de agradecer todo o apoio que os adeptos lhe dão, Miguel Maia avança desde já os objetivos da próxima temporada: “Pode-se esperar uma equipa forte, ao exemplo daquilo que aconteceu este ano. Uma equipa trabalhadora e que vai defender as cores do Sporting CP até ao último ponto ou ao último jogo. É nesse sentido que vamos trabalhar”, afiança o voleibolista que representou o Sporting entre 1991 e 1994 e ficou, com João Brenha, por duas vezes à beira do pódio (quarto lugar) no volei do praia nos Jogos Olímpicos de Atlanta em 1996 e em Sidney, no virar do século.