Tribuna Expresso

Perfil

Sporting

Bruno de Carvalho recua, a AG de dia 23 avança, a promessa de novas SMS's e o ataque ao "pelotão de fuzilamento": a conferência, em resumo

O presidente "suspenso" do Sporting deu uma longa conferência em que expôs os seus argumentos relativamente ao estado das coisas do clube em Alvalade

Pedro Candeias e Hugo Tavares da Silva

ANT\303\223NIO COTRIM

Partilhar

Rúben Ribeiro, Rafael Leão e Rodrigo Battaglia rescindiram esta quinta-feira o contrato com o Sporting e o tribuna invalidou as Assembleias Gerais que o Conselho Diretivo queria organizar, a primeira das quais este domingo. As declarações do presidente do Sporting em conferência de imprensa, e que pode ler abaixo, podem resumir-se assim: Bruno de Carvalho irá obedecer ao tribunal e as duas Assembleias Gerais propostas pelo conselho diretivo que lidera não se vão realizar; Bruno de Carvalho acede à realização da AG de dia 23 de junho e que será o clube a pagá-la, desde que, esta sexta-feira, Jaime Marta Soares compareça nos serviços para validar as tais assinaturas necessárias; Bruno de Carvalho garante que voltou atrás na sua decisão em nome dos interesses dos sportinguistas e não "dos superiores interesses do Sporting Clube de Portugal"; Bruno de Carvalho pede aos sócios que votem massivamente em quem os defendeu; Bruno de Carvalho avisou que, caso os associados não votem na sua destituição, irá exigir cada cêntimo da organização da AG a Jaime Marta Soares.

A todas as perguntas dos jornalistas que se seguiram ao seu discurso, Bruno de Carvalho respondeu com a seguinte expressão: "A sua pergunta foi muito interessante e dá-me a oportunidade de explicar". Contudo, quando questionado sobre o que faria caso os associados votassem a sua destituição, Bruno de Carvalho foi evasivo: "A decisão está nas mãos dos associados".

21h28: "Se os sportinguistas não forem na cantiga do bandido, honrem os superiores interesses do Sporting. Dignifiquem o Sporting Clube de Portugal. Porque esta coisa de dizer que o Sporting está ferido de morte, que o Sporting acabou... A verdade é que o Sporting não acabou. Primeiro, porque somos pioneiros: no VAR, na luta contra os fundos".

21h21: "Já ouvi vários juristas a dizer que não há razão para justa causa para a rescisão de contrato dos jogadores, alguns deles que até nem sequer estão de clube."

21h20: "Nós vamos continuar a trabalhar, apesar de estarmos expulsos".

21h19: "A partir do momento em que estou suspenso até dia 25 e querem marcar uma AG destitutiva no dia 23... A palavra suspensão é uma forma manhosa de dizer que eu estou expulso".

21h16: "Se os associados votarem a favor da destituição... Bom, fomos afastados da AG; expulsos de sócios, não nos deixam defender... Agora, está na mão dos associados. Venham dizer massivamente presente ao Sporting Clube de POrutgal. É só Jaime Marta Soares vir cá amanhã validar as assinaturas."

21h15: "O que nos fez recuar foi o interesse dos sportinguistas. Eles têm que aceitar esse nosso passo. Se os sportinguistas não podem falar na AG de dia 17, que falem na de dia 23".

21h09: "Se a destituição não for votada, vamos cobrar até ao último cêntimo o custo da realização da AG de dia 23 a Jaime Marta Soares, o ex-presidente da MAG. Isto foi feito por José Maria Ricciardi, Álvaro Sobrinho. Os jogadores não têm razão. E ainda hoje vou publicar as últimas mensagens trocadas com Rafael Leão, para vocês perceberem o quão abalado psicologicamente esava"

21h04: "A decisão que nós tomámos foi: não reconhemos Jaime Marta Soares como presidente da MAG nem a Comissão de Fiscalização. Saibam que fomos expulsos de sócios e que não podemos participar na AG de dia 23, mas vamos disponbilizar aos associados os serviços para conferir todas as formalidades, todos os votos que diz que tem - e nós aos sportinguistas conferirremos os meios para essa Assembleia Geral de julgamento público. E vamos pagá-la também. Mas que fique claro: fazemos isto em nome do Sporting e não dos interesses superiores do Sporting."

20h51: “Não nos demitimos. Não assumimos que a comissão de fiscalização tenha alguma legalidade e nao achamos que Jaime Marta Soares seja presidente de mesa nenhuma. Que fique claríssimo. Vamos imaginar e considerar que JMS é o presidente da mesa. Em primeiro lugar, o que aquela comissão putativa fez foi expulsar-nos de sócios. Isto é o maior crime de lés à pátria que vi no Sporting. E queria proibir, por ser expulso, de entrar nas instalações do Sporting. Por mera curiosidade, vocês estão nas instalações da SAD. Conseguiram fazer pior: expulsaram-nos de sócios, suspenderam-nos as funções, não podíamos entrar nas instalações do clube e deram-nos dez dias para responder. Isso dá dia 25, o que significa que na AG de 23 de junho é um julgamento popular, porque não podemos estar lá porque não somos sócios. Na cabeça de Jaime Marte Soares é a democracia. Chamaram-lhe suspensão para expulsar. Isto é absolutamente vergonhoso”

20h49: "Não chegou uma única carta ao Sporting de um jogador a dizer que se for embora ele volta. O problema não está com Sporting e Bruno de Carvalho. É verem as mensagens que tenho publicado, que troquei com jogadores. E tantas há e com tantos jogadores que rescindiram. Não me venham dizer que eu fiz mal em mostrar, porque eles também a tornaram públicas"

20h46: "Isto mudou o paradigma do futebol, a FIFA vai atuar. Não estou a ver clube nenhum com vontade de comprar jogadores. As minutas são todas iguais, o que apontam é tudo igual. Se aquilo fosse motivo de justiça causa, que não é, o futebol mudou. Se alguém contratar três ou quatro indivudos para bater no Neymar, ele vai embora, o PSG perde 200 milhões e ainda tem de pagar os salários até ao fim. Só loucos é que não percebem. Os jogadores foram enganados, claramente. Tenho vários empresários de jogadores, que apresentaram a rescisão a falar e a perguntar se a partir de amanhã podemos negociar"

20h44: "Estamos a ser assessorados pelos melhores advogados de Direito do mundo"

20h42: “Ontem tentei falar com o pai, mas já percebi que outros valores falaram mais alto. Espero que os sportinguistas percebam o que está por detrás disto”

20h38: "Parece-me a mim que o conselho leonino já não existe. Estávamos avisados que ia haver esta encenação toda com o Rafael Leão há dois dias. Está tudo a conta-gotas por algum motivo"