Tribuna Expresso

Perfil

Surf

Frederico Morais na quinta ronda do Hawaiian Pro

O surfista português Frederico Morais qualificou-se no domingo para a quarta ronda do Hawaiian Pro, prova do circuito de qualificação, a decorrer no Havai (Estados Unidos), enquanto Vasco Ribeiro foi eliminado

Lusa

Laurent Masurel/WSL

Partilhar

Na sua entrada em competição, Frederico Morais ganhou a bateria com 13,84 pontos, combinando ondas de 7,67 e 6,17, e relegou o brasileiro Yago Dora para a segunda posição, com 11,47.

'Kikas' e Dora seguiram ambos para a ronda seguinte, enquanto o australiano Dion Atkinson, terceiro, com 11,40, e o havaiano Dusty Payne, quarto e último, com 5,97, foram eliminados do primeiro dos três campeonatos que compõem a Triple Crown havaiana, o último dos quais, em Pipeline, que fecha o circuito mundial e será decisivo na atribuição do título de campeão: "Vai ser difícil. O ano passado foi uma campanha muito boa, com dois segundos lugares, aqui em Haleiwa e em Sunset. Estamos de volta para a Triple Crown, e espero ser ainda melhor do que no ano passado. Um dos dois primeiros lugares era incrível, mas vamos 'heat' a 'heat'. É assim que eu gosto de pensar e que eu gosto de competir. Por isso vamos ver como corre", afirmou o português.

Na quinta eliminatória, Frederico Morais, 13.º do 'ranking' do circuito mundial, vai enfrentar no terceiro 'heat' o havaiano John John Florence, líder da classificação e principal candidato ao título, que bateu o português na final do Hawaiian Pro em 2016. Os brasileiros Victor Bernardo e Miguel Pupo serão os outros adversários.

Vasco Ribeiro, que tinha entrado em competição na segunda ronda, não passou da terceira eliminatória, concluindo a sua bateria na quarta posição, com 5,80 pontos, atrás do brasileiro Willian Cardoso (13,47), do havaiano Sebastian Zietz (12,17) e do norte-americano Cam Richards.