Tribuna Expresso

Perfil

Surf

Sede europeia da Liga Mundial do Surf sai de França e vem para Portugal

O anúncio foi feito em Nova Iorque por António Costa, esta sexta-feira, ao inaugurar na Times Square a publicidade à onda gigante da Nazaré, que entrou no livro de recordes do Guinness como a maior alguma vez surfada

Conceição Antunes

Kelly Cestari/WSL

Partilhar

A sede europeia da World Surf League (WSL) vai sair de Biarritz, em França, e mudar-se para Lisboa, já em 2018. O anúncio foi feito esta tarde em Nova Iorque pelo primeiro-ministro, António Costa, ao inaugurar o painel promocional de Portugal na Times Square, exibindo a onda da Nazaré com mais de 24 metros que entrou no Guinness por ser a maior alguma vez 'surfada' (pelo brasileiro Rodrigo Koxa em novembro do ano passado, batendo assim o anterior recorde do havaiano Garrett Mcnamara em 2011).

Com a vinda para Lisboa da World Surf League - entidade que rege o surf a nível mundial, equivalente à FIFA no futebol -, Portugal passa a ser o centro de decisão de todos os assuntos relacionados com surf na chamada região EMEA, o que inclui toda a Europa, além de África e Médio Oriente.

"Todos os eventos das marcas de surf nesta grande região, como por exemplo uma prova em Marrocos, vão sempre passar por Lisboa. Portugal vai ser a montra e a sala de reuniões de tudo o que acontece relacionado com o surf", adianta Francisco Spínola, representante em Portugal da World Surf League e responsável pela organização das provas de surf a nível nacional.

Mas frisa que "não foi fácil tirar aos franceses a sede europeia da World Surf League", que desde o final dos anos 80 funciona em Capbreton junto a Biarritz, por estarem lá instaladas as principais marcas da indústria do surf, como a Rip Curl, a Billabong ou a Quicksilver. Segundo Francisco Spínola, a mudança da sede para Lisboa é "um primeiro passo para outros 'players' da indústria se estabelecerem cá, tornar Portugal numa bandeira como o melhor país de surf na Europa e abrir os olhos das grandes marcas para o potencial em termos de negócio"