Tribuna Expresso

Perfil

Ténis

Já não temos João Sousa, mas ainda há quatro portugueses a tentar fazer história no Estoril

Já se escreveu história nesta edição do Millennium Estoril Open: é o primeiro torneio, da história do circuito ATP, a contar com quatro tenistas lusos apurados para os oitavos-de-final. São eles Gastão Elias, João Domingues, Frederico Silva e Pedro Sousa. O melhor português, João Sousa, acabou por ser eliminado precocemente... outra vez

Patrícia Gouveia

Gastão Elias foi o primeiro a confirmar a passagem para os oitavos-de-final.

Clive Brunskill

Partilhar

And then they were four... Gastão Elias, João Domingues, Frederico Silva e Pedro Sousa são os quatro tenistas portugueses ainda em competição no Millennium Estoril Open e estão apurados para os oitavos-de-final em 'singles' masculinos. Um feito inédito.

Já era histórico pelo simples facto de estarem presentes sete portugueses nos quadros do evento. Mas agora ainda mais.

João Sousa, número 1 entre os tenistas portugueses

João Sousa, número 1 entre os tenistas portugueses

Dos cinco que jogaram a primeira ronda, apenas o número um luso não passou. Esta terça-feira, em menos de 90 minutos, o Estoril Open viu João Sousa, sexto cabeça de série do único torneio nacional de categoria ATP, a despedir-se (novamente) do torneio precocemente, não tendo passado da primeira eliminatória, pelo terceiro ano consecutivo.

Bjorn Fratangelo, norte-americano 133º classificado no ranking ATP, foi o 'carrasco' do português, actual 36º na hierarquia mundial.

João Domingues, de 23 anos, de Oliveira de Azeméis.

João Domingues, de 23 anos, de Oliveira de Azeméis.

Fernando Correia

O dia de ontem ficou marcado por um jogaço entre João Domingues, 242.º no ranking (saiba mais sobre ele AQUI), e o sétimo cabeça de série, o britânico Kyle Edmund (41º melhor do mundo).

A perder por 2-5 no terceiro set, Domingos conseguiu uma recuperação de outro mundo e acabou por vencer o adversário (6-4, 3-6 e 7-6[2]), o quelhe garantiu um lugar na segunda ronda da competição.

Este foi o primeiro triunfo da carreira do tenista em quadros principais de eventos ATP. O jogador de Oliveira de Azeméis vai defrontar esta quarta-feira Kevin Anderson, sul-africano que ocupa o 66.º lugar do ranking.

Frederico Silva, tenista de 22 anos, nascido nas Caldas da Rainha,

Frederico Silva, tenista de 22 anos, nascido nas Caldas da Rainha,

Fernando Correia

João Domingues juntou-se a Frederico Silva (426º no ranking) e Gastão Elias (107º no ranking) - estes últimos dois alcançaram a passagem para a fase seguinte na segunda-feira.

Elias venceu Malek Jaziri, 68.ª melhor do mundo (6-4, 3-6 e 6-3) e Frederico alcançou a melhor vitória da carreira (6-2 e 6-2) contra Denis Istomin, 74.º na tabela da ATP.

Pedro Sousa, tenista lisboeta de 28 anos.

Pedro Sousa, tenista lisboeta de 28 anos.

Fernando Correia

O lote fica completo com Pedro Sousa (176º na tabela da ATP) que beneficiou terça-feira do abandono do jogo de Paul-Henri Mathieu, depois do francês (116º do mundo) ter conquistado o segundo set para igualar o encontro a 3-6 e 6-4.

Também esta quarta-feira, Gastão Elias vai defrontar o espanhol Nicolas Almagro, campeão em 2016, e, se ganhar, tem a passagem assegurada para os quartos-de-final do Estoril Open.

No quadro de pares, a dupla portuguesa Gastão Elias/Frederico Silva encontraram o uruguaio Ariel Behar e o bielorrusso Aliaksandr Bury, enquanto Felipe Cunha-Silva/Frederico Gil defrontaram os espanhóis Tommy Robredo/David Marrero. As duas duplas acabaram por perder e, na variante de pares, não há mais tenistas portugueses ainda em competição.

Partilhar