Tribuna Expresso

Perfil

Ténis

João Sousa disse umas quantas “obscenidades”, Wimbledon não gostou e multou-o em €1750

Já não bastava a derrota na 1.ª ronda no terceiro torneio do Grand Slam do ano: o vimaranense também saiu de Londres com a carteira mais leve, devido à forma como se dirigiu ao árbitro de cadeira do encontro frente a Dustin Brown

Lídia Paralta Gomes

Michael Steele/Getty

Partilhar

Vai-se à lista de multas impostas pelos juízes de Wimbledon, baixa-se um pouco e lá aparece:

Joao Sousa - $2,000 - Audible obscenity

Pois é, em Wimbledon, no mais formal dos torneios do Grand Slam, não gostaram dos termos com que João Sousa se dirigiu ao árbitro de cadeira do encontro da 1.ª ronda frente ao alemão Dustin Brown e o português acabou multado em 2 mil dólares (cerca de 1750 euros).

Durante o encontro que o vimaranense perdeu em quatro sets, com parciais de 3-6, 7-6, 6-4 e 6-4, João Sousa lançou vários impropérios audíveis e captados pelas câmaras. Foi advertido pelo juiz com um warning, já no final do 4.º set. Advertência essa que o número 1 nacional também contestou.

N.º 62 mundial, João Sousa foi também eliminado na 1.ª ronda de pares em Wimbledon.

Partilhar