Tribuna Expresso

Perfil

Ténis

Garbine derrotou a número 1 e Venus conhece (finalmente) melhores dias

Tudo definido quanto ao lote das oito atletas que seguem em frente em Wimbledon. Kerber ficou de fora e pode bem ter entregue a liderança do WTA a Simona Halep.

DANIEL LEAL-OLIVAS

Partilhar

Garbiñe Muguruza arriscou e venceu. A finalista de Wimbledon em 2015, na senda da sua treinadora, Conchita Martinez, decidiu jogar ao ataque e foi assim que derrubou a número 1 do mundo, Angelique Kerber, esta segunda-feira, em Wimbledon.

A alemã não gostou de ter sido relegada para o court dois, mas esse terá sido o menor dos seus problemas esta tarde. Muguruza já tinha dado mostras de estar numa forma sólida, ao passo que Kerber está, quanto muito, em subida. Não chegou para bater a adversária. Garbiñe está nos quartos depois de uma vitória por 4-6, 6-4, 6-4 e vai defrontar Svetlana Kuznetzova, que registou uma vitória tranquila.

Halep à espreita da liderança

Com a saída de jogo de Kerber, a Simona Halep bastará mais uma vitória para alcançar o número 1 do ranking WTA. A romena, finalista vencida em Rolland Garros este ano, derrotou Victoria Azarenka, antiga líder da hierarquia, agora nas calendas do ranking, depois de uma longa paragem para a maternidade.

Venus volta a sorrir

A mana Williams que, sendo a menos dotada de currículo, tem uns parcos cinco torneios de Wimbledon conquistados, tornou-se esta segunda-feira a tenista mais velha a chegar a uns quartos de final no All England Club a seguir a Martina Navratilova, em 1994.

Venus Williams chega aos quartos de final aos 37 anos.

Venus Williams chega aos quartos de final aos 37 anos.

ADRIAN DENNIS

Bateu a mais jovem até então em prova, a croata Ana Konjuh, por 6-3, 6-2. A mãe estava na bacada para aplaudir e Venus agradece. Depois do caso de atropelamento em Los Angeles em que esteve envolvida, e que provou uma vítima mortal, a norte-americana teve duas boas notícias: um relatório da polícia, no fim de semana, a ilibá-la de responsabilidades e a vitória de hoje que a coloca no grupo das oito finalistas.

Ostapenko ataca de novo

Destaque ainda para a jovem letã, Jelena Ostapenko, que não contente com a vitória em França, vai aos quartos em Wimbledon depois de ter afastado a número 5, Elina Svitolina. Foi preciso ti break, mas bastaram dois sets. Vai encontrar Venus Williams na próxima ronda.

Simona Halep vai encontarr Johana Konta, que contará com o apoio em massa da casa. A britânica venceu Caroline Garcia e está pela terceira vez nos quartos de final de um Grand Slam.

Magdalena Rybarikova também está de parabéns. Depois de ter eliminado a número 2 do mundo, Karolina Pliskova, a eslovaca chega pela primeira vez aos quartos de final. Eliminou Petra Martic. A norte-americana CoCo Vandeweghe também deixou pelo caminho uma adversária com melhor ranking. Caroline Wozniaki está fora de Wimbledon.

Os quartos de final femininos estão agendados para esta terça-feira.

Quartos de final
Simona Halep - Johanna Konta
Svetlana Kuznetzova - Garbiñe Muguruza
Jelena Ostapenko - Venus Williams
Magdalena Rybarikova - Coco Vandeweghe