Tribuna Expresso

Perfil

Ténis

É um torneio de exibição, certo, mas Federer já ganha títulos em 2018

Suíço de 36 anos contou com a ajuda da compatriota Belinda Bencic para arrancar o ano com uma vitória na Hopman Cup, importante torneio de exibição por seleções que se joga sempre no início da temporada, em Perth, na Austrália

Lídia Paralta Gomes

Paul Kane/Getty

Partilhar

A Hopman Cup é uma espécie de Clube VIP de boas vindas à nova época tenística e apesar de ser apenas um torneio de exibição - um dos mais conceituados, certo - é de tradição que esta prova por seleções, que se disputa em Perth, na Austrália, tenha um elenco melhor do que muito bom torneio oficial que se joga por esta altura do ano.

A edição de 2018, tal como a do ano passado, teve por exemplo, Roger Federer, que fez equipa com a jovem Belinda Bencic, de 20 anos. Uma dupla que devolveu à Suíça um título que o país havia conquistado há 17 anos, na altura com uma dupla de fazer suspirar qualquer bom amante de ténis: Roger Federer, na altura um jovem de 19 anos, e Martina Hingis.

Na final do torneio, Bencic e Federer, que prepara a defesa do título no Open da Austrália, que se joga a partir de dia 15, bateram a dupla alemã, constituída por Alexander Zverev e Angelique Kerber, por 2-1.