Tribuna Expresso

Perfil

Ténis

O miúdo que eliminou o ídolo Djokovic do Open da Austrália

Demorou mais de três horas, mas Hyeon Chung conseguiu protagonizar aquela que é a surpresa - até agora - deste Open da Austrália, ao derrotar Novak Djokovic em três sets

Mariana Cabral

O sul-coreano Hyeon Chung tem apenas 21 anos e é 58º do ranking ATP

SAEED KHAN/GETTY

Partilhar

No final do jogo, ele disse assim: "Quando era novo, tentava sempre copiar o Novak, porque ele era o meu ídolo". É a consolação possível para Djokovic, que já venceu por seis vezes o Open da Austrália, mas, esta segunda-feira, foi eliminado da edição de 2018 da prova por Hyeon Chung.

Quem? Hyeon Chung, o miúdo sul-coreano de 21 anos que ganhou as finais NextGen ATP (para jovens de 21 ou menos anos) e que já tinha começado a brilhar na Austrália na 3ª ronda, quando eliminou o alemão Alexander Zverev num longa batalha: 5-7, 7-6(3), 2-6, 6-3 e 6-0.

Já nos oitavos de final, também num jogo que demorou mais de três horas, Chung voltou a mostrar que está aqui para ficar - para já, ocupa o 58º lugar do ranking ATP -, ao derrotar o ídolo em três sets: 7-6(4), 7-5 e 7-6(3).

Muito consistente (e ofensivo) no court, Chung pareceu quase sempre mais forte do que Djokovic, que cumpria o primeiro torneio desde Wimbledon, há seis meses, e parecia algo debilitado - teve mesmo de ser assistido durante a partida, para verificar como estava o braço revestido por uma longa manga branca.

O sérvio Novak Djokovic tem 30 anos

O sérvio Novak Djokovic tem 30 anos

SAEED KHAN/GETTY

"Não sabia como é que poderia ganhar este jogo", disse Chung no final. "Estava apenas honrado por poder jogar contra o Novak e feliz por vê-lo de volta aos courts", acrescentou, referindo-se à lesão que obrigou Djokovic a ficar de fora da competição na segunda metade de 2017.

É a primeira vez que Hyeon Chung se qualifica para os quartos de final de um Grand Slam - é, aliás, a estreia de um tenista sul-coreano nesta fase -, nos quais vai defrontar Tennys Sandgren - outra das surpresas da prova, que já eliminou Stan Wawrinka e Dominic Thiem.