Tribuna Expresso

Perfil

Ténis

Caroline Wozniacki vence Open da Austrália e está no topo do mundo WTA

Seis anos depois de ter perdido a liderança do ranking WTA, a tenista dinamarquesa de 27 anos recuperou a coroa de glória, após derrotar, este sábado, no Open da Austrália, a romena Simona Halep que entrou no court como n.º1. Foi o primeiro título em torneios do Grand Slam para Wozniacki, depois de duas finais perdidas no US Open

Isabel Paulo

Chaz Niell/Icon Sportswire

Partilhar

A dinamarquesa Caroline Wozniacki, de 27 anos, acaba de trocar, em Melbourne, o primeiro lugar no ranking WTA com a tenista romena Simona Halep. Após uma final espetacular, ganhou o primeiro torneio do Grand Slam da sua carreira. No encontro mais importante das suas carreiras, Carolina bateu Halep por 7-6 (2), 3-6 e 6-4, ao longo de uma partida de 2h40.

Pela primeira vez na história do ténis feminino, as duas finalistas do Open da Austrália salvaram match points rumo à final, Wozniacki na segunda ronda, frente de Jana Fett (dois), enquanto Halep esteve ainda em maiores apuros ao salvar três na terceira ronda diante de Lauren Davis, e outros dois nas meias-finais perante Angelique Kerber.

Halep e Wozniacki jogaram a terceira final de um Grand Slam e pela primeira vez a final do Open da Austrália. Roger Federer, nº2 mundial em busca do seu 20º título do Grand Slam joga amanhã, frente a Marin Cilic na final do Open da Austrália, confessou, ontem, ter saudades da altura em que lutou para ganhar o seu primeiro troféu, há 15 anos, em Wimbledon, razão porque adorava estar no lugar de Simona e Caroline.

“A sensação de lutar e ganhar o primeiro título do Grand Slam é a melhor que se pode ter no ténis. Elas salvaram match points, sobreviveram e e é um grande momento para ambas. Tenho saudades do dia em que derrotei Mark Philippoussis para ganhar o meu primeiro Grand Slam”, afirmou esta sexta-feira.

  • Slamless, a nova série protagonizada por Halep e Wozniacki

    Ténis

    Uma é número um do mundo e está a jogar em Melbourne com equipamentos comprados pela internet, porque não tem patrocinadores. A outra goza de bastantes apoios, mas esteve para se retirar do ténis há um ano. Simona Halep e Caroline Wozniacki defrontam-se este sábado (8h30, Eurosport) na final do Open da Austrália, e há algo especial entre elas: quase 40 anos depois, a decisão de um Grand Slam voltará a ter duas mulheres que nunca venceram um