Tribuna Expresso

Perfil

Ténis

Foi bom mas não deu para mais: João Sousa eliminado em Miami

O tenista português esteva nos oitavos-de-final do Masters 1000 de Miami pela primeira vez na carreira, mas não conseguiu passar aos quartos-de-final, sendo derrotado pelo sul-coreano Hyeon Chung

Expresso e Lusa

Jeff Gross

Partilhar

O tenista português João Sousa falhou hoje o apuramento para os quartos de final do torneio Masters 1.000 de Miami, nos Estados Unidos, ao perder com o sul-coreano Hyeon Chung, 19.º cabeça de série.

Em embate dos oitavos de final, João Sousa, 80.º da hierarquia mundial, cedeu face ao 23.º jogador mundial em dois ‘sets’, pelos parciais de 6-4 e 6-3, num embate que durou uma hora e 10 minutos.

Em Miami, o jogador luso havia eliminado o belga David Goffin, nono do ‘ranking’ mundial, e os norte-americanos Jardel Donaldson, 49.º, e Ryan Harrison, 53.º.

O tenista português começou a servir a liderou o primeiro ‘set’ por 1-0, 2-1 e 3-2, mas, ao sétimo jogo, permitiu que o sul-coreano lhe quebrasse o serviço e arrancasse para o triunfo no parcial, por 6-4, ao primeiro ‘set point’.

No segundo parcial, João Sousa cedeu o serviço logo no primeiro jogo, ao terceiro ponto de ‘break’, e, depois, ao oitavo, não aproveitou a única ocasião que teve para quebrar o serviço a Chung e empatar a quatro. O sul-coreano fez o 5-3 e depois o 6-3.

  • "Eu jogo muito mais do que o gajo". Tinhas razão, João Sousa

    Ténis

    Começou por ser o velho João Sousa: refilão, volátil, desconcentrado e a berrar para o ar. Foi atropelado no primeiro set, mas a cabeça tem destas coisas e a do tenista português assentou para ganhar a Jared Donaldson (1-6, 6-3 e 6-4) e passar aos oitavos-de-final do Masters 1000 de Miami pela primeira vez na carreira

  • João Sousa, o destruidor de números 9. Sem espinhas

    Ténis

    O tenista português defrontou David Goffin, o belga que é o nono classificado do ranking mundial ATP, que a teoria dizia ser um adversário complicado, muito difícil de bater e, no fundo, melhor do que ele. Mas João Sousa jogou como nunca e bateu Goffin em dois sets (6-0, 6-1). Sem espinhas