Tribuna Expresso

Perfil

Ténis

E ao 106.º dia do ano, Novak Djokovic venceu um encontro num torneio Masters 1000 (e foi num instante)

O sérvio, que é um dos recordistas de troféus em Masters 1000, bateu o compatriota Dusan Lajovic na 1.ª ronda de Monte Carlo, com parciais vistosos de 6-0 e 6-1

Expresso

VALERY HACHE/Getty

Partilhar

Novak Djokovic é um dos dois homens que lidera a tabela de maiores vencedores de torneios Masters 1000, as mais importantes provas do calendário a seguir aos quatro torneios do Grand Slam - são 30 triunfos, tantos quantos Rafael Nadal.

Mas este ano não tem sido fácil para o sérvio, antigo número 1 do Mundo, que entre lesões e mudanças inesperadas na equipa técnica (nas últimas semanas deixou de trabalhar com Andre Agassi e Radek Stepanek) conseguiu, ao 106.º dia do ano, a primeira vitória de 2018 num encontro de um torneio da categoria máxima.

Na terra batida de Monte Carlo, Djokovic, que vive no Mónaco, despachou o compatriota Dusan Lajovic por expressivos 6-0 e 6-1, num encontro que durou meros 56 minutos.

Na 2.ª ronda, Djokovic, atual 13.º do ranking mundial, terá pela frente o jovem Borna Coric, um dos jogadores em melhor forma nestes primeiros meses do ano.