Tribuna Expresso

Perfil

Ténis

O duelo entre as queridas inimigas Serena e Sharapova vai ter de esperar e a culpa “é do músculo peitoral direito”

Norte-americana anunciou a desistência de Roland Garros poucos minutos antes do escaldante encontro com Maria Sharapova da 4.ª ronda do torneio, devido a problemas físicos

Lusa e Expresso

Tim Clayton - Corbis/Getty

Partilhar

A tenista norte-americana Serena Williams, três vezes vencedora em Roland Garros, desistiu esta segunda-feira pela primeira vez durante um Grand Slam, antes de defrontar a russa Maria Sharapova, na 4.ª ronda do torneio francês, devido a problemas musculares.

"Infelizmente tenho tido alguns problemas com o músculo peitoral direito, neste momento não consigo servir e torna-se muito difícil jogar com esta limitação física", afirmou a vencedora de 23 majors, que esteve mais de um ano parada depois de ter sido mãe.

Fica assim adiado o reencontro entre as duas tenistas, uma das partidas mais esperadas deste Roland Garros, já que ambas não morrem de amores uma pela outra.

O abandono da 451.ª do ranking WTA e antiga número um mundial, de 36 anos, do torneio de singulares ocorre um dia depois da eliminação na competição de pares, na qual, juntamente com a irmã Venus, foi derrotada pela espanhola María José Martínez e pela eslovena Andreja Klepac, terceiras cabeças de série.

Serena Williams vai agora fazer exames para confirmar se é possível jogar em Wimbledon, que arranca na primeira semana de julho.