Tribuna Expresso

Perfil

Ténis

Jogo combinado em Wimbledon? Volume de apostas levanta suspeitas sobre Marrero e Verdasco

Como em outros casos, o volume de apostas no encontro lançou o alerta às autoridades

Expresso

Buda Mendes

Partilhar

Fernando Verdasco e David Marrero, tenistas espanhóis que defrontaram o argentino Leonardo Mayer e o português João Sousa na primeira ronda de duplas de Wimbledon, estão a ser investigados devido a suspeitas de resultado combinado, avança o “El Mundo” esta sexta-feira.

Como em outros casos, o volume de apostas no encontro, via o portal Pinnacle Sports, lançou o alerta às autoridades.

Em declarações ao “New York Times”, o responsável da casa de apostas, Sam Gomersall, revelou que o jogo em questão foi considerado suspeito devido a padrões irregulares nas apostas; algumas das apostas feitas tiverem origem em contas já sinalizadas como possivelmente criminosas.

“Seguimos o protocolo de quando se trata de lançar alertas sobre manipulações nas apostas e notificamos as autoridades”, disse Gomersall.

Esta não é a primeira vez Marrero está sob suspeita de ter perdido um jogo profissional de propósito. Há dois anos, foi também investigado por uma suposta combinação de resultado de um jogo de duplas. Na época, o tenista acabou por ser ilibado.

Questionado pela agência “Efe” a propósito deste novo caso, Marrero defendeu-se das acusações. “Estou em casa a fazer as malas porque amanhã vou para a Alemanha, e fui surpreendido por esta notícia, da qual não tinha nem ideia. Que seja investigado, estou muito tranquilo”, disse.