Tribuna Expresso

Perfil

Um Azar do Kralj

A selfie do Ederson, a Bíblia do Samaris e um pedido especial do Azar do Kralj: "Fala connosco, Kostas. Tu fechas-te imenso"

Um Azar do Kralj escreveu e escreveu sobre o jogo do Benfica e foi ao futuro ver uma agressão ao agressor de Fejsa. É ler

Vasco Mendonça e Nuno Dias, Um Azar do Kralj

JOSE MANUEL RIBEIRO

Partilhar

Ederson Moraes

Não lhe reconhecíamos esta atração pelo abismo. Aos 67 minutos juntou o inútil ao desagradável num lance em que escusava de sair, mas principalmente de fazer falta. Pouco depois redimiu-se com uma excelente defesa ao penalty de Junior Moraes. O lance fez lembrar um daqueles miúdos que sobem ao topo de um edifício com 100 andares no Dubai para tirar uma selfie. Felizmente ninguém morreu esborrachado.

Nélson Semedo

Voa como uma borboleta, pica como o Nélson Semedo. Os puristas dirão que não soa tão bem, mas os benfiquistas concordam. Isso ou digamos apenas que Nélson Sem Medo – desportivos, se quiserem podem usar isto – continua a jogar com a sexta metida e até já humilha adversários (tudo bem, Derlis?). Tanto ímpeto deixa por vezes o seu flanco descompensado, mas só se vive uma vez.

Luisão

Mais uma exibição segura, apesar de ter dado um arzinho da sua desgraça quando perdeu os rins. Aos 45 minutos participou no lance mais importante do jogo quando sofreu falta de um adversário chamado Vida. Nunca uma partida de futebol esteve tão perto de aparecer num romance de Pedro Chagas Freitas.

Lindelöf

Aos 34 minutos, uma patetice sua isola um adversário que cavalga na direcção de um Luisão apreensivo perante a ausência de camisolas encarnadas em seu redor. O capitão resolve repreender o jovem sueco de forma exemplar. Deixa-se cair propositadamente no relvado perante o avanço do adversário e obriga Lindelöf, que entretanto recuperar as funções motoras, a desviar um remate destinado ao fundo das redes. No final demos por nós a gostar ainda mais dele.

Grimaldo

Grimaldo foi hoje encontrado pelos adeptos no meio do relvado, bem de saúde, com a roupa encharcada pelo suor, um pouco choroso por não percorrer um relvado em alta velocidade há mais de 3 dias. Ainda assim, não revelou quaisquer sinais de hipotermia. Qualquer semelhança entre esta história e a do pequeno Martim é pura coincidência.

Fejsa

Tribuna de Kiev, 3 de Novembro de 2016: "Serhiy Rybalka foi hoje encontrado com ambas as pernas partidas junto à embaixada sérvia na capital ucraniana. O jovem de 26 anos, futebolista do FC Dinamo Kiev, jogou há 2 dias uma partida da Liga dos Campeões que, segundo as autoridades, poderá estar na origem da agressão. A investigação centra-se num cachecol do Benfica encontrado no pescoço do agredido”.

Pizzi

Pizzi é hoje um homem que sabe perfeitamente como conduzir a sua vida, no campo e fora dele. Ainda há pouco, por exemplo, o repórter da Sport TV lhe perguntou durante a flash interview se estava satisfeito por o Benfica ter garantido uma presença a Liga Europa e ele, ao invés de mandar o repórter à m#$%&, respondeu a outra pergunta que não fora feita, mas que lhe permitia partilhar com os benfiquistas a felicidade de mais um passo rumo à fase seguinte da Champions. Esta capacidade de, com bom senso e civismo, encontrar soluções em situações complicadas é algo que rareia na nossa sociedade.

Salvio

ARE YOU NOT ENTERTAINED? Continua absolutamente LOCO e hoje foi o melhor na primeira parte, investindo no flanco e em algumas aparições como segundo avançado. Por isso mesmo, mereceu ser ele a marcar o primeiro e único golo do jogo. Por outro lado, se tivesse falhado o penálti, estaria agora a ser crucificado. Benfiquistas. Por falar em golos, é o quinto em seis jogos. Põe-te fino, Marega.

Mitroglou

Fala connosco, Kostas. Tu fechas-te imenso. O que é que se passa?

Gonçalo Guedes

Viveram-se momentos dramáticos, mas felizmente os receios de uma lesão bem mais grave parecem afastados. A baliza foi ainda assim transportada até ao Santa Maria, onde permanecerá em observação nas próximas horas.

Cervi

Estão a ver quando aparece um tipo novo na proverbial futebolada com os amigos e vai-se a ver é craque? Mas não é um craque qualquer. Defende bem, ataca ainda melhor, e, se tentam fazer farinha com ele, acaba a dar nós cegos a meia-equipa. Em suma: é um tipo insuportável, a menos que jogue na nossa equipa.

Samaris

Estava a ler a nova edição da Bíblia traduzida por Frederico Lourenço quando foi chamado a entrar em campo para substituir Fejsa. Ajudou a segurar as pontas no meio-campo e, caso Fejsa não recupere, é um dos pouquíssimos seres humanos que nos separa de uma ida ao Dragão com Celis a titular. Rezemos pela sua saúde.

Jiménez

Já merecia começar um joguinho a titular.

André Almeida

Também pode jogar ele no Dragão. Tudo menos o Celis.

Partilhar