Tribuna Expresso

Perfil

Um Azar do Kralj

André Almeida > Gelson, Rafa = Zidane, Carrillo < ceviche (e outras comparações dos Um Azar do Kralj)

Um Azar do Kralj escreveu um scout report (em inglês) de André Almeida, foi às redes sociais ver os passes de Zidane e degustou as iguarias peruanas que se comem em Lisboa. E resumiu assim o jogo de hoje, entre o Benfica e o Rio Ave

Vasco Mendonça e Nuno Dias, Um Azar Do Kralj

PATRICIA DE MELO MOREIRA

Partilhar

Ederson

Eusébio e Coluna no céu, Ederson e Moraes na terra. Devíamos perder o medo de afirmar que Ederson é neste momento o melhor guarda-redes do mundo, mesmo que isso não seja verdade. Ainda, meus amigos. Ainda.

Nélson Semedo

Alguma imprensa estrangeira teima em confundi-lo com Ruben Semedo, rumor que poderá ganhar força com a exibição de hoje, claramente uns furos abaixo do que temos visto. Deixou-se levar pelo tiki taka das Caxinas e facilitou em zonas onde se exige que seja autoritário como um ditador. Ainda assim, e voltando ao essencial, uma simples pesquisa na internet poderia ajudar os jornalistas estrangeiros a corrigirem o erro. Se pesquisarem por “semedo” no YouTube, o primeiro resultado de pesquisa é o vídeo “Nélson Semedo - Goals, Assists & Defender Skills 20015/16”. Só na oitava posição surge “Rúben Semedo - Goals and Skills”. Ora qualquer pessoa com ou sem carteira de jornalista sabe que jamais um grande europeu irá contratar jogadores que aparecem quase na segunda página dos resultados de pesquisa.

Luisão

A todos aqueles que acharam o relvado da Luz mal cuidado: calma, há uma explicação perfeitamente lógica. O relvado não é regado há vários dias por forma a evitar qualquer possibilidade de o nosso capitão escorregar. Parabéns mais uma vez à estrutura pela decisão de sacrificar a relva, uma manifestação da natureza que não tem culpa de nascer verde. Exibição seguríssima a chegar quase sempre primeiro à bola.

Lindelöf

Estamos legalmente impedidos pela CMVM de comentar a exibição de Lindelof, pelo que não iremos tecer grandes considerações. Para além disso, se por acaso tivéssemos algo de negativo para dizer seríamos igualmente comedidos, não vá algum funcionário do Manchester United ler isto e recuar na intenção de passar o tal cheque de €45 milhões. Registe-se apenas que o sueco foi filmado após o fim do jogo ansiosamente à procura de alguém na bancada, mas o seu empresário tinha-se ausentado para urinar. Ainda vais ter saudades disto, Victor. E nós tuas.

André Almeida

SCOUTING REPORT, BENFICA-RIO AVE: Watched Nélson Semedo, Fejsa and Lindelof once again. All of them played fairly well and i can not state enough what massive hires they would be for Man U right now, but actually another stellar who caught my eye. He plays as a left back but can also come on as a right back and center midfield. He came on a few weeks ago as a sub for Grimaldo and has been shining ever since. Remember Gelson, that overpriced right wing midfield from Sporting Lisbon? Well, he was nowhere to be seen against Benfica. Can you guess why? Anyway, we should follow up on this lad on this and ask José what he thinks about it. We could probably doz some sort of bundle deal with Mendes.

Fejsa

Deixem-nos dizer, antes de mais, que fez bem em recusar o convite para chefe maior das forças armadas sérvias. Está numa fase muito bonita enquanto líder da armada benfiquista, um país de outro gabarito. Objectivamente falando, não fez uma exibição brilhante mas foi ainda assim um dos que melhor combateu a rabia do talentoso meio-campo vilacondense.

Pizzi

Melhor em campo. A sua exibição teve todos os ingredientes que nos fazem gostar de um futebolista: ética de trabalho, génio, golos, uma ou duas frutas bem dadas e uma expulsão para limpar amarelos na Taça da Liga e estar disponível num jogo importantíssimo em Guimarães. Podíamos elaborar mais sobre o lance do golo, mas recomendamos que revejam o lance desde o início em câmara lentíssima a 36 frames por segundo ao som da abertura de La Gazza Ladra de Rossini. Uma nota: quando o fizerem desliguem a voz do Hélder Conduto. Já experimentámos e não resulta.

Gonçalo Guedes

Protagonista de um penálti por marcar aos 8 minutos, um lance que a maioria dos adeptos benfiquistas irá rapidamente esquecer. Porquê? Porque temos coisas mais importantes em que pensar. Se o benfiquista estivesse para aí virado, também era capaz de desencantar 15 penáltis por assinalar a seu favor como fez Pinto da Costa num daqueles momentos de lucidez a que nos habituou em tempos recentes. O problema, o verdadeiro problema, é que se todos esses penáltis fossem assinalados a Liga seria obrigada a dar ao Benfica mais pontos nesta competição do que é matematicamente possível, uma situação que iria certamente gerar controvérsia, não obstante ser inteiramente justa. De notar ainda que Gonçalo Guedes está a ensaiar uma nova jogada em que percorre furiosamente o campo de uma lateral à outra contornando o meio-campo e a defesa adversária sem um objectivo claro. É expectável que continue a ensaiar nas próximas semanas: no Seixal, no FIFA17, quando estiver na casa de banho, à noite na cama, e até à mesa da consoada. É também por isso que gostamos cada vez mais dele.

Rafa

Os leitores que acompanham o Real Madrid nas redes sociais já terão reparado nuns vídeos filmados no centro de estágio em que os jogadores treinam remates. A rotina é simples: Cristiano passa a bola a Zidane, que devolve a Cristiano para o remate. Parece coisa simples, mas é arte. Zidane recebe o passe tenso de um dos seus jogadores e amortece sempre na dose certa, com aquela sua elegância irrepetível, de forma a que a redondinha fique ali plena do seu destino. Quando o jogador chega à bola para rematar, já só queremos que o exercício recomece para vermos Zidane novamente. O passe de Rafa foi parecido com isto. Não sei se Valdano, Galeano ou Desmond Morris já escreveram sobre o assunto, mas é uma das muitas razões por que as pessoas vão ao futebol. Acham que estamos a exagerar? Escrevam um post indignado no Facebook. Pode ser que passe.

Cervi

De todos os jogadores é talvez o que anatomicamente mais sofre por ver o seu nome associado à expressão “abaixamento de forma”, mas temos pautado estas análises pelo rigor e não era agora que iríamos mudar.

Mitroglou

Saiu por breves instantes do estado catatónico para marcar um golo. O relatório clínico mantém o grego nos cuidados intensivos, sendo prematuro avançar qualquer prognóstico de quando poderá ser transferido (mas um hat-trick ajudaria). De qualquer das formas, lembrem-se: a vida é muito curta. Aproveitemos todos os momentos na companhia daqueles que estimamos, por muito curtos que sejam. Foi bom estar contigo hoje, Kostas.

Jonas

Que nem um daqueles chefs que pegam em restos de feijoada para fazer gelado gourmet, Jonas procurar pegar nos restos de um jogo mais ou menos decidido e devolver-lhe a emoção e o charme. O problema é que o meio-campo já estava no digestivo e os tipos de verde que estavam do outro lado não são exactamente tontos. Portanto, não foi hoje que desatou aos tiros, os únicos que verdadeiramente desejamos num mundo louco como este.

Jiménez

Lixaram-lhe aquela estatística de marcar em não sei quantos jogos consecutivos e ainda foi a tempo de levar uma pantufada. Quando for assim metam o Zé Gomes.

Carrillo

As semanas passam e o ceviche continua a ser a melhor importação peruana a invadir a cidade de Lisboa.