Tribuna Expresso

Perfil

Um Azar do Kralj

Hmmm, e então o que dizer hoje? “Todos juntos: Bailandooo, Bailandooo” (por Um Azar do Kralj)

Hoje é dia de festa para os autores de Um Azar do Kralj e isso nota-se logo no título deste artigo

Vasco Mendonça e Nuno Dias, Um Azar do Kralj

MIGUEL RIOPA

Partilhar

Ederson

Um guarda-redes tão grande que nos devia fazer repensar a expressão “entre os postes”. Não é Ederson que está entre os postes. São os postes que estão entre Ederson. Praticamente não intervir num jogo de sentido único, do estádio da Luz para o Marquês de Pombal. A ser verdade que está de saída, só lhe podemos agradecer e desejar felicidades, assim como boa sorte na adaptação a um novo país, de preferência onde existam tatuadores profissionais. Agora mais a sério: NÃO VÁS. FICA SÓ MAIS UMA ÉPOCA.

Nélson Semedo

Inspirado pelo primeiro-ministro, tomou conta dos miúdos de Pedro Martins. Também como António Costa, pôs uns desenhos animados na tv, chamou Luisão para as dobras e foi à sua vida, assim que os fotógrafos acabaram de registar a ocasião. É hoje, muito justamente, o único cidadão português autorizado a ultrapassar pela direita. Encorajado até. Deverá despedir-se da Luz hoje, já encharcado em champanhe. Da próxima vez que o virmos com os copos estará no Oktoberfest a segurar a cabeça de Renato Sanches enquanto este vomita. Muito amor, Nelsinho.

Luisão

Há 4 anos que é assim. Luisão fez 33 anos e o Benfica venceu o trigésimo terceiro título. Quando fez 34, o Benfica deu-nos o 34. Às 35 primaveras, rumámos ao 35. Finalmente, no ano em que o capitão celebra pela primeira vez o seu 36o aniversário também nós celebramos o 36o título. Nunca uma entediante coincidência soube tão bem. Devia matricular-se já na faculdade de letras, para que no final da próxima época possamos referir-nos a ele como o filólogo ou o desempregado do penta.

Lindelöf

Desde Stefan Schwarz e Jonas Thern que não nos apaixonávamos por um nórdico. Tivemos algumas (demasiadas) épocas de Martin Pringle, uma das maiores ameaças deste século às ideias pré-concebidas sobre a seriedade dos povos nórdicos. Houve Brattbakk, que não teve tempo de ir à casa de banho. Tivemos Azar Karadas, no sentido em que o azar foi nosso, e temos agora Victor Lindelöf, um miúdo competente da nova geração nórdica que está a fazer escala em Lisboa há 2 ou 3 temporadas, antes de se vir a tornar o novo Vidic na defesa do Man Utd.

Grimaldo

Mais um jogo com um número absurdamente baixo de decisões erradas. Os robôs podem estar a caminho, mas aqui ainda não calçam. Não terá sido fácil trocar o Barcelona pelo Benfica, mas Grimaldo ganhou esta aposta. Podia ser o André Almeida do Barcelona, mas decidiu ser o Grimaldo do Benfica. Sensato, até porque o Benfica já tem um André Almeida.

Fejsa

O estado português celebrou da melhor forma o décimo título nacional de Fejsa, repondo temporariamente o controlo de fronteiras até domingo. Terão sido detidos 11 jogadores do Vitória de Guimarães por tentativa de passar do meio-campo e outros 13 cidadãos estrangeiros, incluindo dois chineses com 480 mil euros em dinheiro, situação entretanto desbloqueada por Jorge Mendes.

Pizzi

Se continua a jogar assim, tem tudo para ser considerado o melhor jogador do campeonato. Vamos aguardar pelas próximas jornadas. Ainda é cedo para tirar conclusões.

Salvio

Exibição morninha do futuro director de redes sociais do Benfica. Votos de muito sucesso, Toto!

Cervi

Muito bem a inaugurar o marcador para acabar logo com as ânsias. A partir daí, fez muitas outras coisas que se esperam de um adolescente sul-americano à solta em Lisboa, nomeadamente as boas e as más. Promete regressar ainda mais forte na próxima temporada e com um novo corte de cabelo. Parece-nos inevitável que regresse com um novo corte de cabelo. Qualquer aumento salarial devia depender disso.

Jonas

Protagonista da mais recente campanha “um golo para cada benfiquista”, fez tudo o que estava ao seu alcance para que o resultado fosse sessenta e quatro mil quinhentos e noventa e um a zero. Felizmente havia um plano B caso esse objectivo não fosse atingido, que passava pela celebração do primeiro tetracampeonato na história do clube. Gente prevenida é outra coisa.

Jiménez

Todos juntos:
Yo quiero estar contigo, vivir contigo
Bailar contigo, tener contigo
Una noche loca (una noche loca)
Ay besar tu boca (y besar tu boca)
Yo quiero estar contigo, vivir contigo
Bailar contigo, tener contigo una noche loca
Con tremenda loca (Ooh, ooh, ooh, ooh)
BAILANDOOOO, BAILANDOOOO

Carrillo

É bom ganhar campeonatos, não é? Aproveita, miúdo.

André Almeida

As suas invasões de campo já justificavam o regresso à equipa. Felizmente Rui Vitória concordou.

Samaris

Vocês viram o Eliseu a dar piões com uma mota dentro do balneário? Inaceitável. Não podemos permitir que os jogadores se embebedem mais do que nós esta noite. E já vamos com atraso. Adeusinho, que para a semana há mais.