Tribuna Expresso

Perfil

Um Azar do Kralj

O pequeno argentino que Um Azar do Kralj já não vê a disfarçar o tédio sempre que é eleito como Homem do Jogo

Como sugestão para resgatar Cervi deste estado latente, Um Azar do Kralj faz três sugestões e uma delas pressupões cerveja à discrição no balneário no final de cada partida

Vasco Mendonça, Um Azar do Kralj

Pedro Fiuza

Partilhar

Bruno Varela

Aos 49’, agarrou com unhas e dentes uma bola que já se encontrava fora do terreno. Pouco depois, os seus colocaram a bola em jogo diretamente nos pés do adversário. Não muito depois, fez uma defesa a quatro ou cinco tempos. Finalizou com uma saída em falso. Notou-se que tinha saudades de defrontar o Boavista.

André Almeida

Quinta assistência da época. Coxa é a vossa tia. Sem ofensa, tia. Espero que compreenda.

Rúben Dias

Exibição competente coroada com um cabeceamento de cima para baixo tal como mandam as regras, fazendo o Benfica movimentar-se de baixo para cima directamente do segundo para o primeiro lugar, como mandam as regras.

Jardel

Em termos de jogo aéreo, continua a ser o segundo melhor Jardel que já passou pelo nosso país. Se não se agarrar à cocaína, tem tudo para chegar ao primeiro lugar.

Grimaldo

Não fomos confirmar, mas é provável que o heat map de Grimaldo tenha forma de coração. As suas movimentações no terreno e respetivas trocas de bola com os restantes vértices do triângulo GZC - equilátero na medida em que temos igual amor pelos três - são missivas de amor ao adepto de futebol, essa espécie rara que ainda se interessa pelo jogo jogado. Não é fácil alguém fazer-nos esquecer Eliseu, mas Grimaldo consegue.

Fejsa

O clube devia considerar a criação de um novo artigo de merchandising em parceria com a Caterpillar: um rolo compressor conduzido por um boneco de Ljubomir Fejsa. Pensem nisso. Ele não vai a lado nenhum.

Pizzi

Descobriu uma nova vocação nos lances de bola parada: celebrar o desempenho dos seus colegas. Parece curto, mas não tanto como os seus pontapés de canto.

Zivkovic

O líder da nova geringonça joga à bola como se quisesse libertar o mundo das grilhetas do capitalismo, mas fá-lo com o perfume da Inés Arrimadas.

Cervi

Já não consegue disfarçar o tédio de cada vez que é eleito Homem do Jogo pela BTV. Precisamos de qualquer coisa nova para qualificar superlativamente o nosso pequeno génio. Isto só lá vai com uma nova categoria de Nobel, cerveja à discrição no fim de cada jogo, ou um show de strip no balneário. Ou, melhor ainda, todas estas hipóteses em simultâneo.

Rafa

O seu cérebro quer muito celebrar o início de uma nova fase na vida do PSD, mas os seus pés parecem reconhecer que a nova comissão política torna essa missão complicada. Felizmente para ele, quase todos os opositores internos fisicamente aptos estão ao nível de Diogo Gonçalves.

Jonas

Voltou a falhar um pénalti e, apesar de muito participativo, pareceu pouco inspirado, apático, estranhamente alheado da realidade vivida pelos seus colegas à medida que construíam mais uma goleada. Nada que nos deva preocupar. Jonas sabe que só há espaço no plantel para um Seferovic.

Diogo Gonçalves

[inserir banalidade sobre formação]

Jiménez

O Benfica pegou no “pior avançado do mundo” e fez dele o melhor jogador do futebol português nos últimos 10 anos. É tempo de pôr a equipa de relações públicas a trabalhar para vender Jiménez como o “melhor suplente do mundo”. Há-de haver um chinês que morda o isco. Por favor. 使高兴

João Carvalho

Hélder Conduto chamou-lhe “o Iniesta do Seixal” após um bom lance individual. Está feita a piada.