Tribuna Expresso

Perfil

O desporto como nunca o leu: a newsletter Tribuna 12.45.
Todas as segundas-feiras, à hora marcada

Ao subscrever, a informação partilhada será usada de acordo com a Política de Privacidade

  • Desde o início de fevereiro que uma conta de Twitter se dedica a investigar os movimentos de certas equipas da fantasy da Premier League que pertencem a jogadores e staff. Cada vez que estes transferem algum colega na vida real, soam os alarmes. Antes do jogo com o Leicester, vários elementos do Aston Villa retiraram Jack Grealish das suas equipas e Brendan Rodgers soube antes do tempo que provavelmente iria enfrentar um Aston Villa sem o seu melhor jogador. Dean Smith, técnico da equipa de Birmingham, irritou-se. Outros clubes da Premier League também e há quem queira impedir que jogadores possam fazem parte deste passatempo que junta milhões de aficionados

  • A SAD 'verde e branca' explicou a forte quebra no resultado com dois efeitos principais, a redução dos rendimentos operacionais, em 11,4 ME, onde se incluem a redução das receitas de bilheteira e a redução da receita pela não participação na fase de grupos da Liga Europa, e pela diminuição do volume de negócios das transações de jogadores, que caiu 18,3 ME

  • A eliminatória estava praticamente definida com a derrota na Pedreira por 2-0 e um golo de Dzeko pouco depois dos 20 minutos fechou a porta a qualquer esperança do Sp. Braga. Os minhotos até reagiram bem, mas na 2.ª parte o jogo partiu-se e o Sp. Braga acabou por baixar os braços. O 3-1 final deixa a equipa de Carlos Carvalhal (e Portugal) fora da Liga Europa

  • O melhor 10 de sempre anunciou, este sábado, o fim da carreira. Aos 38 anos, Daniel Carter abandona a carreira de jogador depois de uma última tentativa para continuar, nos Auckland Blues, em que se apercebeu que já não tinha a motivação necessária. Vencedor de dois Mundiais e três prémios de melhor jogador do mundo, o neozelandês ainda o jogador com mais pontos marcados no râguebi internacional

  • A japonesa conquistou, este sábado, o Open da Austrália, derrotando a americana Jennifer Brady, em dois sets (6-4, 6-3) para ser apenas a terceira pessoa na história a ganhar as suas quatro primeiras finais de um Grand Slam