Tribuna Expresso

Perfil

  • Aos 35 anos e sem equipa desde janeiro, Carmelo Anthony parecia esquecido para a NBA, pouco crente que aquele que um dia foi um dos jovens mais impressionantes da liga possa voltar a dar jeito a quem quer que seja. Mas o extremo está de volta, talvez para uma última oportunidade, nuns Portland Trail Blazers desesperados e em crise de resultados

O desporto como nunca o leu: a newsletter Tribuna 12.45.
Todas as segundas-feiras, à hora marcada

Ao subscrever, a informação partilhada será usada de acordo com a Política de Privacidade

  • Tri-campeão de MotoGP anunciou esta quinta-feira que o GP Valência será o seu último. Aos 32 anos, o maiorquino abandona o Mundial após uma temporada de pesadelo na Honda, onde procurava relançar a carreira, e depois de meses e meses de problemas físicos e lesões que deitaram abaixo um dos mais consistentes pilotos da grelha

  • O protótipo de avançado móvel, nunca estático, sempre a desmarcar-se e a jogar com o espaço, anunciou a retirada aos 37 anos. Quando a Espanha forçou Raúl a desaparecer da seleção, surgiu David Villa, maior goleador da história da equipa que ganhou um Mundial, dois Europeus (o último, sem ele) e o teve como a referência do que é para aparecer na área, em vez de apenas estar lá

  • Às 15h50 de uma quarta-feira, houve um jogo da Liga Europa no estádio do Vitória, onde o frio e a chuva lhe deram o melhor disfarce possível de intempérie inglesa, onde o Arsenal marcou no único remate que acertou na baliza. A equipa de Ivo Vieira apenas empatou (1-1) nos descontos de hora e meia com tiques do que o treinador queria evitar: uma vitória moral