Tribuna Expresso

Perfil

Atualidade

Área dos dormitórios do Ninho do Urubu só tinha permissão para funcionar como estacionamento. Começa a investigação

Município do Rio garante em comunicado que “no projeto protocolado" com o Flamengo, “a área está descrita como um estacionamento” e que “não há registo de novo pedido de licenciamento da área para uso como dormitórios”. Vai ser ainda iniciado um processo de investigação para apurar responsabilidades

Tribuna Expresso

CARL DE SOUZA/Getty

Partilhar

Os dormitórios que arderam na manhã desta sexta-feira no Centro de Treinos George Helal, conhecido entre os adeptos do Flamengo como Ninho do Urubu, num incêndio que provocou a morte a 10 pessoas, sete das quais jogadores das camadas jovens do clube, estavam numa área que tinha permissão do município do Rio de Janeiro para funcionar apenas como estacionamento.

Foi a própria Prefeitura do Rio que confirmou a informação, através um comunicado em que frisa que “a área de alojamento atingida pelo incêndio não consta do último projeto aprovado pela área de licenciamento, em 05/04/2018”.

O comunicado diz ainda que “no projeto protocolado, a área está descrita como um estacionamento” e que “não há registo de novo pedido de licenciamento da área para uso como dormitórios”.

O Município do Rio termina a nota dizendo que vai abrir um “processo de investigação para apurar responsabilidades”.

Leia aqui o comunicado completo da Prefeitura do Rio:

Sobre o processo de licenciamento do Centro de Treinamento Presidente George Helal, conhecido como Ninho do Urubu, a Prefeitura vem a público prestar os seguintes esclarecimentos:

1) A atual licença do CT tem validade até 08/03/2019;

2) A área de alojamento atingida pelo incêndio, não consta do último projeto aprovado pela área de licenciamento, em 05/04/18, como edificada.

3) No projeto protocolado, a área esta descrita como um estacionamento;

4) Não há registos de novo pedido de licenciamento da área para uso como dormitórios;

5) Por determinação da legislação em vigor, a coordenação de licenciamento informa que só há inspeção neste tipo de edificação em casos de denúncia;

6) A Prefeitura vai determinar a abertura de um processo de investigação para apurar as responsabilidades.