Tribuna Expresso

Perfil

PUBLICIDADE
Atualidade

Invasão de Alcochete abre guerra no Ministério Público

Reunião tensa no DIAP de Lisboa por causa do processo de Alcochete. Procuradora Cândida Vilar pode ter de vir a pagar uma multa de 5 mil euros

Rui Gustavo, Hugo Franco e Pedro Candeias

Academia de Alcochete foi invadida por cerca de meia centena de adeptos do Sporting na tarde de 15 de maio do ano passado

d.r.

Partilhar

Cândida Vilar é acusada pelo inspetor do Conselho Superior do Ministério Público de violação do dever de zelo porque não mandou extrair uma certidão para investigar num processo à parte André Geraldes, ex-team manager do Sporting.

Fase de instrução do caso da invasão da Academia do Sporting avança esta segunda-feira. O caso tem 44 arguidos, entre eles Bruno de Carvalho.

Leia mais na edição deste sábado do Expresso.