Tribuna Expresso

Perfil

Atualidade

Morreu José Antonio Reyes. Tinha 35 anos

Futebolista, que representou o Benfica em 2008/09, jogou esta temporada no Extremadura e morreu esta manhã num acidente de viação. na sua terra natal

Tribuna

Icon Sport

Partilhar

O futebolista espanhol morreu esta manhã num acidente de viação em Utrera, em Sevilha, a sua terra natal. José Antonio Reyes, de 35 anos, jogou esta temporada no Extremadura, na segunda divisão espanhola.

O avançado passou uma época no Benfica, em 2008/09, onde venceu uma Taça da Liga. Reyes ainda leva o estatuto de futebolista mais jovem de sempre a estrear-se na La Liga, com a camisola do Sevilha, com apenas 16 anos.

O canhoto transferiu-se para o Arsenal, em 2003/04, por 30 milhões de euros. Esteve três anos em Londres. Seguiram-se Real Madrid, Atlético Madrid, Benfica e um regresso ao seu Sevilha. Depois de passagens por Espanyol e Córdoba, o internacional espanhol viveu mais uma experiência no estrangeiro, nomeadamente na China (Xinjiang Tianshan Leopard). Esta época, finalmente, esteve a representar o Extremadura, onde ajudou na fuga à despromoção.

Luís Filipe Vieira, presidente do Benfica, recorreu ao site oficial do clube para deixar uma mensagem de pesar pela morte de Reyes: "Um atleta e homem exemplar que ficará para sempre na nossa memória". O comunicado na íntegra:

"Foi um choque e com profunda tristeza e consternação que tomámos conhecimento do fatídico acidente que vitimou o nosso ex-jogador José Antonio Reyes, um jovem de 35 anos. Em meu nome pessoal e em nome do Sport Lisboa e Benfica apresento as mais sentidas condolências a toda a sua família e amigos, manifestando profunda solidariedade e pesar nesta hora difícil e muito triste. O atleta e homem exemplar ficará para sempre na nossa memória."